A ingestão de quercetina flavonóide pode reduzir a pressão alta!

Um novo estudo mostra que a ingestão de quercetina flavonóide pode reduzir significativamente a pressão arterial alta em pacientes que sofrem de doenças cardiovasculares. Os pesquisadores consultaram aqui vários estudos que avaliaram o impacto da quercetina na pressão sanguínea e nos níveis de glicose.

O que é quercetina flavonóide?

A quercetina flavonóide é um pigmento vegetal comumente encontrado em muitas plantas e alimentos, como cebolas, chás, maçãs e vinho tinto. Cada estudo utilizado aqui avaliou glicose no sangue, colesterol total e / ou insulina. Foram incluídos 17 estudos com um total de 886 participantes.

O resultado total de 13 grupos de tratamento ao longo dos estudos consultados mostrou que a administração de quercetina reduziu acentuadamente a pressão arterial sistólica. Os participantes que consumiram quercetina por oito semanas ou mais mostraram níveis significativamente alterados de colesterol de lipoproteína de alta densidade.

A quercetina não influenciou acentuadamente o colesterol total nem alterou significativamente as concentrações de glicose no sangue em jejum. Não foi encontrada nada no uso da quercetina que possa causar eventos adversos sérios em nenhum dos estudos incluídos.

A revisão concluiu que houve uma redução na pressão arterial de mais de 10 mmHg, reduziu o risco cardiovascular em 50% para insuficiência cardíaca, 35% a 40% para acidente vascular cerebral e aproximadamente 20% a 25% para infarto do miocárdio. Os pesquisadores descobriram que os efeitos favoráveis ​​da quercetina na pressão sanguínea apoiam o uso de quercetina em pacientes com hipertensão.

A ingestão de quercetina flavonóide reduz a pressão altaAgora os pesquisadores aguardam o resultado conclusivo dos estudos pendentes para avaliar a melhor forma de incluir o uso da quercetina na dieta principalmente de pacientes com problemas sérios de pressão alta. Há muito tempo a ciência tenta entender os principais fatores de risco e problemas comuns que alteram a pressão arterial, mas este foi um dos mais completos estudos sobre a redução destes sintomas. Agora é avançar nas pesquisas e m busca de tratamentos eficazes a base de quercetina.

_______________________

O estudo com os incríveis resultados foram publicados na revista acadêmica Nutrition Reviews.

*  “Effect of quercetin supplementation on plasma lipid profiles, blood pressure, and glucose levels: a systematic review and meta-analysis” – 2020.

Autores do estudo: Haohai Huang, Dan Liao, Yong Dong, Rong Pu – 10.1093/nutrit/nuz071/5697189

4Medic

4Medic

As informações publicadas no site são elaboradas por redatores terceirizados não profissionais da saúde. Este site se compromete a publicar informações de fontes segura. Todos os artigos são baseados em artigos científicos, devidamente embasados.