Apenas metade das mulheres grávidas recebe as vacinas recomendadas!

Muitas mulheres grávidas no mundo não recebem as vacinas recomendadas para gripe e toxóide tetânico, toxóide reduzido da difteria e pertussis acelular (Tdap) para proteger a si e a seus bebês, de acordo com um relatório da Disease Control and Prevention Morbidity and Mortality Weekly Report, dos EUA, resumo epidemiológico publicado semanalmente.

Vacinas para mulheres grávidas

A Dra Megan C. Lindley, do CDC em Atlanta, e colegas usaram dados de vigilância para determinar a hospitalização associada à influenza entre mulheres grávidas, bem como hospitalização infantil e morte associada à influenza e coqueluche. Além disso, foi realizada uma pesquisa online (27 de março a 8 de abril de 2019) entre mulheres que estavam grávidas desde 1 de agosto de 2018, para avaliar o status de vacinação contra influenza (2.097 participantes) e o status de vacinação contra Tdap (817 participantes).

Os pesquisadores descobriram que de 2010-2011 a 2017-2018, as mulheres grávidas (de 15 a 44 anos) foram responsáveis ​​por 24 a 34% das hospitalizações associadas à influenza por temporada. Houve um total de 3.928 hospitalizações relacionadas à coqueluche relatadas entre bebês com idade <2 meses (intervalo anual, 262 a 743) de 2010 a 2017.

Em abril de 2019, as taxas de cobertura de vacinação contra influenza materna e Tdap foram de 53,7 e 54,9%, respectivamente. Os motivos mais frequentemente relatados para a não vacinação incluíram o seguinte: acreditando que a vacina não é eficaz (influenza, 17,6%); não sabendo que a vacinação é necessária durante cada gravidez (Tdap, 37,9%); e preocupações de segurança para o bebê ( influenza , 15,9%; Tdap, 17,1%).

Apenas metade das mulheres grávidas recebe as vacinas recomendadas“Todas as gestantes devem estar atualizadas com as vacinas recomendadas como parte de seu pré-natal de rotina. O CDC recomenda enfaticamente que os prestadores de serviços de saúde falem com as futuras mamães sobre os benefícios da vacinação segura contra Tdap e gripe para sua saúde e o bem-estar de seus bebês”, disse Robert Redfield, diretor do CDC, em um comunicado.

Os resultados deste estudo será enviado aos principais conselhos internacionais de pediatria e deverá ser utilizado como base para elaborar sistemas mais eficientes para garantir a regularidade da vacinação em mulheres em todo o mundo.

4Medic

4Medic

As informações publicadas no site são elaboradas por redatores terceirizados não profissionais da saúde. Este site se compromete a publicar informações de fontes segura. Todos os artigos são baseados em artigos científicos, devidamente embasados.