Acetaminofeno pode aumentar o risco cardiovascular em idosos

O acetaminofeno contendo sódio foi associado ao aumento do risco cardiovascular e de mortalidade em pessoas idosas, de acordo com um relatório que soa o alarme sobre os perigos potenciais de medicamentos prescritos de ação rápida e de venda livre.

Um grande banco de dados do Reino Unido de registros eletrônicos de saúde revelou um excesso significativo na incidência de 1 ano de infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral e insuficiência cardíaca associada ao uso de terapia com acetaminofeno contendo sódio em comparação com formulações padrão:

  • Um aumento relativo de 59% no risco para aqueles com hipertensão (5,6% vs 4,6%)
  • Um aumento relativo de 45% no risco para aqueles sem hipertensão (4,4% vs 3,7%)

O risco de mortalidade por todas as causas ao longo de 1 ano foi duas vezes maior nos pacientes com hipertensão tomando acetaminofeno contendo sódio e 87% elevado em usuários sem hipertensão. O risco aumentou na medida em que mais prescrições e períodos mais longos de uso desses medicamentos, de acordo com os autores do estudo.

Riscos semelhantes foram observados para os subgrupos de pacientes que também usam ibuprofeno ou ranitidina contendo sódio, relatou o epidemiologista Yuqing Zhang, DSc, do Massachusetts General Hospital

e Harvard Medical School, e colegas no European Heart Journal.

“Os medicamentos contendo sódio são uma importante fonte de ingestão de sódio que pode ser facilmente ignorada”, escreveram os autores do estudo. “Dado que o alívio da dor do acetaminofeno não contendo sódio é semelhante ao do acetaminofeno contendo sódio, nossos resultados sugerem revisitar o perfil de segurança do uso de acetaminofeno efervescente e solúvel”.

Enquanto as formulações tradicionais em forma de comprimido, suspensão oral ou cápsula não contêm sódio, preparações de drogas efervescentes ou solúveis dependem dele para desintegração de ação rápida.

E o sódio pode realmente aumentar, advertiram Aletta Schutte, PhD, e Bruce Neal, MBChB, PhD, ambos do The George Institute for Global Health em Sydney, na Austrália.

Se um determinado comprimido de acetaminofeno tem 400 mg de sódio, o valor de um dia na dose completa adicionaria 3.000 mg de sódio por dia – muito acima da ingestão diária de sódio recomendada para um adulto, escreveram em um editorial de acompanhamento.

“Grandes incrementos também seriam antecipados para outros tipos de medicamentos efervescentes, com um único sachê de 5 g de antiácidos efervescentes contendo 850 mg de sódio, vitaminas efervescentes 280 mg de sódio por comprimido e alcalinizantes urinários cerca de 644 mg de sódio por dose ” estimaram os editorialistas.

Como tal, Schutte e Neal pediram “ação urgente” em medicamentos contendo sódio.

“Particularmente preocupante é a observação em algumas pesquisas de que até 94% dos usos de medicamentos efervescentes são automedicados com preparações de venda livre. Há uma necessidade imediata de proteção dos consumidores contra esses riscos. A estratégia mais plausível e eficaz é provável que seja a rotulagem obrigatória de todos os medicamentos que contenham quantidades significativas de sódio com uma etiqueta de advertência na frente da embalagem”, disseram eles.

“Programas de informação que conscientizem o público e os profissionais sobre o sódio oculto nos medicamentos e educam sobre a necessidade de evitar medicamentos efervescentes, dispersíveis e solúveis em todas as circunstâncias, exceto as essenciais, também devem ser considerados”, segundo os editorialistas.

Detalhes do estudo

O estudo foi baseado na Health Improvement Network com registros de pacientes de 2000 a 2017. Quase 300.000 pessoas foram incluídas (idade média no início dos anos 70) com prescrições médicas de acetaminofeno iniciadas durante o período do estudo.

As formulações contendo sódio foram prescritas para 3,0% dos hipertensos e 3,6% dos sem hipertensão. Significativamente mais mulheres estavam no grupo tomando paracetamol contendo sódio.

A equipe de Zhang reconheceu que o estudo foi limitado pelo potencial de confusão residual e pela falta de excreção urinária de sódio ou dados de ingestão de sódio na dieta. Os investigadores também não conseguiram ajustar o uso de acetaminofeno sem receita médica.

“Os resultados são convincentes. Os efeitos foram consistentes em várias abordagens metodológicas diferentes e em uma série de análises de sensibilidade”, sustentaram Schutte e Neal.

“A suplementação em larga escala de sódio na dieta em um estudo randomizado que estuda os resultados cardiovasculares nunca foi feita e quase certamente seria vista como antiética. Esse tipo de análise é o mais próximo que os pesquisadores provavelmente chegarão a fazer nesse estudo, e, embora o relatório atual seja de natureza observacional, fornece fortes evidências dos efeitos nocivos da adição de grandes quantidades de sódio à dieta”, disseram eles.

_____________________________
O estudo original foi publicado no European Heart Journal

“Sodium-containing acetaminophen and cardiovascular outcomes in individuals with and without hypertension” – 2022

Autores do estudo: Zeng C, et al – Estudo

4Medic

As informações publicadas no site são elaboradas por redatores terceirizados não profissionais da saúde. Este site se compromete a publicar informações de fontes segura. Todos os artigos são baseados em artigos científicos, devidamente embasados.