Terapias alternativas podem ser a solução para dor após a cesárea

A dor após a cesárea (caesarean sections [CS]) pode afetar o bem-estar da mãe e sua interação com o bebê. Para controlar o alívio da dor durante este período, a maioria das mulheres recebe medicamentos analgésicos.

No entanto, esses medicamentos podem causar efeitos colaterais na mãe e no bebê. Terapias complementares e alternativas (CAM) podem ser uma maneira segura de reduzir a dor após uma cesárea sem efeitos adversos.

Objetivo da revisão

O objetivo da pesquisa foi entender quais são os efeitos da CAM no tratamento da dor após cesárea.

Importância da revisão

As descobertas da revisão serão úteis para ajudar a informar as mulheres, parteiras e médicos sobre os benefícios e desvantagens potenciais da CAM para o alívio da dor após a cesárea.

Evidências encontradas

Os autores pesquisaram a literatura em setembro de 2019 e encontraram 37 estudos que avaliaram oito tipos diferentes de CAM. A certeza das evidências dos estudos variou de baixa a muito baixa, o que significa que não é possível ter plena confiança nos resultados.

As principais razões para essa afirmação é que os resultados nem sempre foram relatados completa ou claramente, os estudos tinham sérias limitações e os resultados careciam de precisão.

Acupuntura ou acupressão

Não há certeza se a acupuntura ou acupressão (versus nenhum tratamento) ou acupuntura ou acupressão mais analgesia (versus placebo mais analgesia) tem algum efeito sobre a dor porque a qualidade da evidência é muito baixa.

Acupuntura ou acupressão mais analgesia (versus analgesia) podem reduzir a dor em 12 horas e 24 horas.

É incerto se a acupuntura ou acupressão (versus nenhum tratamento) ou acupuntura ou acupressão mais analgesia (versus analgesia) tem algum efeito sobre o risco de efeitos adversos porque a qualidade da evidência é muito baixa.

Aromaterapia

A aromaterapia pode reduzir a dor em 12 e 24 horas, quando comparada ao placebo mais analgesia. É incerto se a aromaterapia em comparação com o placebo mais analgesia possui efeitos adversos (ansiedade).

Terapia eletromagnética

A terapia eletromagnética pode reduzir a dor em 12 e 24 horas e pode reduzir a necessidade de analgésico de resgate em comparação com o placebo mais analgesia.

Massoterapia

Não existe certeza de que a massagem nas mãos e nos pés associada à analgesia em comparação com a analgesia, tem algum efeito sobre a dor, os efeitos adversos (ansiedade) na frequência cardíaca e respiratória, porque a qualidade da evidência é muito baixa.

Terapia musical

Música mais analgesia, em comparação com placebo mais analgesia, pode reduzir a dor em uma hora e 24 horas. É incerto se a música mais analgesia em comparação com o placebo mais analgesia, tem algum efeito no risco de efeitos adversos (ansiedade) ou na frequência cardíaca.

Música mais analgesia em comparação com analgesia pode reduzir a dor em uma hora e 24 horas.

Reiki

É incerto se o Reiki, em comparação com a analgesia tem algum efeito sobre a dor em uma ou 24 horas, efeitos adversos (ansiedade) ou sinais vitais, a qualidade da evidência é muito baixa.

Relaxamento

É incerto se o relaxamento, em comparação com o tratamento padrão, tem algum efeito sobre a dor em 12 horas, mas pode reduzir a dor em 24 horas após a intervenção.

Estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS)

A TENS pode reduzir a dor uma hora após a intervenção em comparação com nenhum tratamento.

TENS mais analgesia, em comparação com placebo mais analgesia, pode reduzir a dor, a frequência cardíaca e respiratória.

É incerto se a TENS mais analgesia, em comparação com a analgesia, tem algum efeito sobre a dor seis ou 24 horas após a intervenção ou sobre os sinais vitais ou sobre a necessidade de analgésico de resgate.

O que isto significa?

Pode haver algum benefício da acupuntura ou acupressão, aromaterapia, terapia eletromagnética, massagem, musicoterapia, relaxamento e TENS no manejo da dor em mulheres submetidas à cesárea. A partir desses testes, as evidências sobre os efeitos prejudiciais da CAM estão ausentes ou são muito incertas.

Uma vez que o controle da dor é o resultado mais relevante para mulheres com dor após cesárea e seus médicos, é importante que estudos futuros de CAM meçam a dor.

Os estudos futuros também precisam ser grandes o suficiente para detectar efeitos nos resultados clínicos. Medir outros resultados importantes, conforme listado na revisão e usar escalas validadas.

Conclusão dos autores

Algumas terapias CAM podem ajudar a reduzir a dor por até 24 horas. A evidência sobre eventos adversos é muito incerta para fazer qualquer julgamento sobre segurança e não há evidências sobre os efeitos de longo prazo sobre a dor.

Uma vez que o controle da dor é o desfecho mais relevante para mulheres e seus médicos, é importante que estudos futuros de CAM para dor após cesárea meçam a dor como desfecho primário.

Medir a dor como uma variável dicotômica melhoraria a certeza da evidência e é de fácil compreensão para não especialistas. Estudos futuros também precisam ser grandes o suficiente para detectar efeitos nos resultados clínicos.

__________________________

O estudo original foi publicado na Cochrane Library

* “Complementary and alternative therapies for post‐caesarean pain” – 2020

Autores do estudo: Zimpel SA, Torloni MR, Porfírio GJM, Flumignan RLG, da Silva EMK – https://doi.org/10.1002/14651858.CD011216.pub2

4Medic

4Medic

As informações publicadas no site são elaboradas por redatores terceirizados não profissionais da saúde. Este site se compromete a publicar informações de fontes segura. Todos os artigos são baseados em artigos científicos, devidamente embasados.