Suplemento reduz os efeitos colaterais e custos da quimioterapia!

A combinação de nanodrogas de quimioterapia com um suplemento nutricional pode diminuir os efeitos colaterais da devastadores e reduzir os custos da quimioterapia, pois diminui a quantidade de medicamentos caros necessários para tratar o câncer, de acordo com um estudo da Universidade Carnegie Mellon e dos Institutos Nacionais de Pesquisa em Saúde de Taiwan. Além disso, o pré-tratamento com o suplemento promove a produção de macrófagos que matam tumores, tornando-o um complemento promissor e complementar às quimioterapias existentes.

Redução dos efeitos colaterais e dos custos da quimioterapia

As novas descobertas, demonstram que a administração de medicamentos anticâncer juntamente com o suplmento natural chamado ‘Intralipid’, está pronta para passar para o estágio clínico e ser estudado para uso com outras nanodrogas.

“A combinação de medicamentos anti-câncer (nanomedicamentos) com Intralipid aumenta a inibição do crescimento do tumor e pode servir como uma nova estratégia para melhorar a eficácia terapêutica no tratamento de cancros, na prática clínica”, disse o Dr Chien Ho, Professor Emérito de Ciências Biológicas da Universidade Carnegie Mellon, em Pittsburgh, EUA.

O câncer continua a aumentar na população global, com um número estimado de 18,1 milhões de novos casos e 9,6 milhões de mortes em 2018. O custo do tratamento do câncer aumentou rapidamente devido ao número crescente de pacientes e aos altos custos da quimioterapia e de novas terapias anticâncer, incluindo pequenas moléculas e agentes biológicos.

Embora nanodrogas como o paclitaxel tenham se mostrado eficazes na morte de células cancerígenas, menos de um por cento da droga cara atinge células tumorais. Isso deixa o resto a ser absorvido por outras células, particularmente as do fígado, rins e baço, o que leva a efeitos colaterais tóxicos que são uma característica da quimioterapia.

No estudo atual, os pesquisadores analisaram como o emparelhamento Abraxane, uma forma de paclitaxel comumente usada para tratar uma série de cânceres, com o Intralipid impactaria as células humanas in vitro. Eles descobriram que a combinação protegia os glóbulos brancos monocíticos de danos sem afetar a eficácia do medicamento na morte de células cancerígenas de mama, pulmão ou pancreático.

Os pesquisadores também investigaram como o Intralipid afeta os macrófagos, grandes glóbulos brancos que tradicionalmente desempenham um papel importante na resposta imune. Os macrófagos podem se diferenciar em três fenótipos diferentes, M0, M1 e M2. O fenótipo M2 pode ser sequestrado por células cancerígenas para ajudar a proteger as células e promover sua proliferação enquanto o fenótipo M1 produz moléculas que atacam células cancerígenas. Por meio de estudos in vitro e in vivo usando um modelo de camundongo, a equipe descobriu que o Intralipid promoveu macrófagos para polarizar no tipo M1, que mata o câncer, em vez do tipo M2, que favorece o câncer.

No final dos testes preliminares…

Na seção final do trabalho, o grupo de pesquisa demonstrou em um modelo de camundongo com câncer de mama que o pré-tratamento com Intralipid emparelhado com metade da dose clínica padrão de Abraxane foi tão eficaz em interromper o crescimento do tumor quanto uma dose completa sem Intralipid. Além disso, eles descobriram que, embora houvesse mais drogas presentes nos fígados dos modelos de camundongos que receberam Intralipid, não houve aumento na quantidade de danos às células hepáticas, indicando que Intralipid teve um efeito protetor.

Suplemento reduz os custos da quimioterapia“Ao diminuir a quantidade de Abraxane necessária no tratamento de câncer, podemos proteger os órgãos de alguns dos danos químicos causados ​​pela droga”, disse o Dr Ho.

Os pesquisadores esperam que o tratamento possa ser transferido para os ensaios clínicos em estágio inicial. Eles também acreditam que a técnica pode beneficiar tratamentos baseados em nanodrogas para outras doenças.

Este novo método de entrega de nanodrogas é geral e pode ser aplicado a outras nanodrogas aprovadas e em desenvolvimento, sem modificações nos medicamentos ou em seus transportadores. Esse método de administração de medicamentos pode reduzir a quantidade de medicamentos necessários para o tratamento, melhorando a qualidade de vida dos pacientes e reduzindo os custos da quimioterapia com esses medicamentos caros.

 

__________________________

O estudo completo foi publicado na revista científica Scientific Reports.

* “Impacts of Intralipid on Nanodrug Abraxane Therapy and on the Innate Immune System” – 2020.

Autores do estudo: Yen-Ju Chen, Chin-Yi Tsai, Ying-Min Cheng, Su-Wen Nieh, Teng-Kuang Yeh, Ching- Ping Chen, Min-Hsien Wang, Ling-Hui Chou, Tai-Yu Chiu, Li Liu, Chien Ho, Chiung- Tong Chen, Tsang-Wu Liu – 10.1038/s41598-020-59813-7

4Medic

4Medic

As informações publicadas no site são elaboradas por redatores terceirizados não profissionais da saúde. Este site se compromete a publicar informações de fontes segura. Todos os artigos são baseados em artigos científicos, devidamente embasados.