Tratamento do câncer: uma nova abordagem contra tumores malignos!

O Dr. Christopher E. Rudd, pesquisador do Centro de Pesquisa do Hospital Maisonneuve-Rosemont (CR-HMR) e da Universidade de Montreal, descobriu uma nova abordagem de terapia celular que estimula a resposta imune dos linfócitos T a tumores malignos. Os resultados do estudo acabam de ser publicados na respeitada revista Nature Communications.

Novo método para tratar Tumores malignos

“Nosso trabalho identificou uma nova proteína de célula T que interage com o receptor chave que detecta e responde aos antígenos do câncer. Usamos essas descobertas para desenvolver uma nova forma de imunoterapia, na qual a hiperativação das células T lhes permite penetrar e atacar tumores. Essa descoberta demonstra que a modulação da proteína identificada pode ativar o sistema imunológico e levar à destruição das células cancerígenas”, diz o professor Rudd.

Até o momento, a eficácia da nova forma de imunoterapia contra a leucemia e alguns tipos de câncer de pele foi demonstrada em animais. A próxima etapa serão os ensaios clínicos com seres humanos.

“Essa descoberta é uma inovação científica que aumentará significativamente a eficácia do sistema imunológico na eliminação de células cancerígenas”, diz o Dr. Denis-Claude Roy, diretor científico e médico do Centro de Excelência em Terapia Celular e CR-HMR.

Eventualmente, essa abordagem também pode melhorar a eficácia da nova terapia celular CAR-T atualmente em uso no Hôpital Maisonneuve-Rosemont.

Tratamento do câncer - nova abordagem contra tumores malignosO Dr. Christopher E. Rudd é professor do Departamento de Microbiologia, Infecção e Imunologia da Universidade de Montreal e diretor da Unidade de Sinalização Celular na Unidade de Imunoterapia do CR-HMR. A pesquisa foi conduzida em parte enquanto ele era professor na Universidade de Cambridge, na Inglaterra, e depois em seu laboratório no CR-HMR e na Université de Montréal.

O Dr. Youg Raj Thaker, da Universidade de Cambridge e Essex, na Inglaterra, e a Dra. Monika Raab e a Dra. Klaus Strebhardt, da Faculdade de Medicina da Universidade JW Goethe, em Frankfurt, Alemanha, também participaram da pesquisa.

4Medic

4Medic

As informações publicadas no site são elaboradas por redatores terceirizados não profissionais da saúde. Este site se compromete a publicar informações de fontes segura. Todos os artigos são baseados em artigos científicos, devidamente embasados.