Votrient – Medicamento mostra ineficácia no pós cirúrgico do câncer renal!

Um estudo científico E2810 foi realizado para determinar se tomar o medicamento oral pazopanib (Votrient) após a cirurgia para remover novas metástases em pacientes com carcinoma avançado de células renais melhoraria sua sobrevida e os manteria livre de doença.

Votrient no pós cirúrgico

“O estudo E2810 descobriu que o tratamento com pazopanib por um ano não melhorou a chance de sobrevivência sem recorrência da doença, esse achado é importante porque esses pacientes apresentam um risco particularmente alto de recorrência, e os tratamentos demonstrados para beneficiar pacientes com doença metastática no local têm sido atraentes para o estudo após a cirurgia para remover completamente todos os locais visíveis de câncer”, disse o pesquisador Leonard J. Appleman, médico oncologista da Universidade de Pittsburgh e UPMC Hillman Cancer Center, nos EUA.

Há cerca de 58.000 novos diagnósticos de carcinoma de células renais, ou câncer renal, anualmente nos EUA. Destes, cerca de 20% a 30% são avançados, ou estágio IV, câncer no momento do diagnóstico. A remoção cirúrgica de todo o rim (nefrectomia) ou nefrectomia parcial é padrão para pacientes com câncer renal localizado e pacientes selecionados com doença metastática.

A sobrevida média para pacientes com doença em estágio IV é de dois a três anos e a sobrevida em longo prazo é incomum. Estes foram os pacientes estudados neste estudo E2810.

O E2810 foi um estudo randomizado, duplo-cego, controlado por placebo para testar a hipótese de que o pazopanib (Votrient) melhoraria a sobrevida em pacientes no estágio IV e que estes ficariam livres da doença após uma cirurgia para remover as metástases.

“O estudo mostrou que não houve benefício e, de fato, houve uma sugestão de que os pacientes que receberam pazopanib (Votrient) tivessem uma sobrevida ainda mais curta”, disse o Dr. Appleman.

De agosto de 2012 a julho de 2017, cerca de 129 pacientes foram incluídos no estudo por médicos em 58 hospitais nos EUA.

Os pacientes foram condicionados a receber pazopanib (Votrient) a partir de 800 mg diários versus placebo por 52 semanas. Avaliações clínicas de toxicidade e resultados relatados pelos pacientes foram realizados a cada 4 semanas, e exames de reestadiamento foram realizados a cada 12 semanas.

Votrient para tratamento de câncer renal

“Ainda é cedo para afirmar com toda certeza sobre a eficácia do medicamento neste caso, o certo é que mais da metade dos pacientes tiveram reaparecimento do câncer durante o período de tratamento. A maioria (83%) dos pacientes tiveram que reiniciar um tratamento adicional para tentar compensar o tempo perdido com o tratamento envolvendo o pazopanib (Votrient)”, concluiu o Dr Appleman.

Os resultados do estudo foram apresentados esta semana na reunião de 2019 da Sociedade Americana de Oncologia Clínica em Chicago e está disponível no próprio site da instituição.

4Medic

4Medic

4Medic é uma empresa especializada em gestão de clinicas e consultórios médico. Que fornece diariamente notícias sobre a área de saúde em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *