Microbots magneticamente controlados para administrar medicamentos!

Pesquisadores do Instituto de Ciência e Tecnologia Daegu Gyeongbuk, na Coréia do Sul, desenvolveram microbots biodegradáveis ​​que podem ser magneticamente controlados para administrar medicamentos e fornecer tratamento para hipertermia no local de um tumor.

Microbots para tratamentos precisos

Este último esforço de pesquisa tenta fornecer uma opção de entrega para dois tipos diferentes de terapia, criando microbots biodegradáveis ​​que podem ser ativados quando estão próximos de um tumor. Os micro-robôs consistem em um polímero biodegradável carregado com nanopartículas magnéticas e um fármaco quimioterapêutico encapsulado.

Atualmente, a quimioterapia é atormentada por sérios efeitos colaterais, de modo que os pesquisadores estão tentando desenvolver nanossistemas mais direcionados que podem administrar medicamentos diretamente no local do tumor. Os tratamentos para hipertermia, onde o calor é administrado a um tumor para matar as células dentro dele, estão ganhando popularidade. No entanto, é difícil restringir com precisão o calor fornecido ao local do tumor, o que significa que há potencial para danificar tecidos saudáveis ​​nas proximidades.

Em vez de afetar o corpo inteiro, os microbots podem ser ativados sem fio apenas quando estão no local do tumor. O uso de um sistema de atuação eletromagnética para gerar um campo magnético externo alternado no local do tumor permitiu que os pesquisadores gerassem calor a partir das nanopartículas magnéticas dentro dos microbots, proporcionando um efeito hipertermático local. A locomoção dos microbots também pode ser controlada aplicando remotamente um campo magnético rotativo.

O calor gerado pelas nanopartículas magnéticas também aumenta a taxa de difusão do fármaco quimioterapêutico encapsulado. De fato, dependendo do tipo de campo magnético aplicado, os pesquisadores podem ajustar com precisão o perfil de liberação do medicamento e o efeito hipertermático alcançado, para garantir uma ótima eficácia.

Microbots magneticamente controlados para administrar medicamentos no local do cancerAté agora, a equipe de pesquisa testou seu sistema in vitro e descobriu que os micro-robôs poderiam efetivamente matar células cancerígenas cultivadas quando aplicassem os campos magnéticos apropriados. Após o término do tratamento, os microrobôs biodegradam e desaparecem do corpo.

“Esperamos melhorar o tratamento do câncer por meio de nossas pesquisas, aumentando a eficiência do tratamento e reduzindo os efeitos colaterais. Ao realizar continuamente pesquisas de acompanhamento com hospitais e empresas relacionadas, nos esforçaremos para desenvolver um sistema de tratamento preciso baseado em micro-robôs que possa ser usado em locais médicos reais”, concluiu Hongsoo Choi, pesquisador envolvido no estudo.

Apesquisa completa foi publicaca no site do Instituto de Ciência e Tecnologia Daegu Gyeongbuk.

4Medic

4Medic

As informações publicadas no site são elaboradas por redatores terceirizados não profissionais da saúde. Este site se compromete a publicar informações de fontes segura. Todos os artigos são baseados em artigos científicos, devidamente embasados.