Dieta à base de Vegetais reduz em 40% o risco de insuficiência cardíaca!

Uma nova pesquisa descobriu que aderir a uma dieta rica em frutas, vegetais e peixe pode reduzir o risco de insuficiência cardíaca em 41%.

A insuficiência cardíaca ocorre quando o coração não consegue fornecer sangue e oxigênio suficientes para os principais órgãos do corpo. A condição afeta cerca de aproximadamente 26 milhões de pessoas em todo o mundo. Alguns especialistas prevêem que a insuficiência cardíaca, se tornará cada vez mais prevalente em todo o mundo, o que os levou a se referir a ela como uma “pandemia global”.

A Dieta vegetal e a insuficiência cardíaca

O Dr. Kyla Lara, um cardiologia membro da Mayo Clinic em Rochester, EUA, e seus colegas, examinaram as associações entre cinco padrões alimentares importantes e o risco de insuficiência cardíaca entre pessoas sem histórico de doença cardíaca. Os resultados de seu estudo foram publicados no Journal of American College of Cardiology.

Os pesquisadores examinaram dados disponíveis de 16.068 pessoas negras e brancas que tinham em média 45 anos. Os participantes responderam a uma pesquisa de 150 itens, que incluiu 107 itens alimentares. Os pesquisadores agruparam os alimentos em 4 padrões alimentares:

  1. Dietas típicas de “sedentários”, que consistiam em pratos pesados, massa, pizza e fast food;
  2. Dietas à “base de vegetais”, consistindo principalmente de vegetais, frutas, feijões e peixes;
  3. Dietas “Caseiras”, que continham uma quantidade significativa de alimentos fritos, carne processada, ovos, gorduras adicionadas e bebidas açucaradas;
  4. Dietas “alcoólicas”, que incluiu vinho, licor, cerveja, molho de salada, vinagretes.

A equipe seguiram os participantes por 8,7 anos em média, período durante o qual 363 pessoas, passaram um tempo no hospital por insuficiência cardíaca pela primeira vez.

Dieta-vegetal-e-insuficiência-cardíaca

No geral, os pesquisadores descobriram que a adesão à uma dieta “Caseira, sedentária e alcoólicas,” aumentou o risco de hospitalização por insuficiência cardíaca em 72%.

Quando os pesquisadores ajustaram o índice de massa corporal (IMC), “circunferência da cintura, hipertensão, dislipidemia, diabetes, fibrilação atrial e doença renal crônica“, essa informação passou a ser estatisticamente significativa. Isso pode significar que estas dieta triplicam o risco de insuficiência cardíaca ao aumentar a obesidade e a gordura abdominal.

Finalmente, os pesquisadores descobriram que o risco de hospitalizações por insuficiência cardíaca foi 41% menor entre as pessoas que aderiram à dieta baseada em vegetais.

4Medic

4Medic

4Medic é uma empresa especializada em gestão de clinicas e consultórios médico. Que fornece diariamente notícias sobre a área de saúde em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *