Medicamentos inteligentes contra infecções por estafilococos!

A erradicação de estafilococos mortais usando uma nova linha de antibióticos revelou resultados promissores em pesquisas divulgadas pela Universidade de Tecnologia de Queensland (QUT), para ajudar a superar um dos maiores desafios médicos modernos.

Infecções por estafilococos

As bactérias se ligam a dispositivos médicos, incluindo cateteres, articulações artificiais, implantes, queimaduras e feridas dos pacientes, estabelecendo biofilmes bacterianos, uma das principais causas de falhas nas terapias com antibióticos e infecções crônicas.

Os pesquisadores da QUT desenvolveram antibióticos híbridos projetados para penetrar no escudo viscoso, protegendo as infecções invasivas por estafilococos (Staphylococcus aureus).

Liderado pela Professora Makrina Totsika e Anthony Verderosa, o estudo descobriu que os antibióticos híbridos funcionaram bem ao destruir os biofilmes de estafilococos cultivados em laboratório.

“Os biofilmes são um revestimento pegajoso e viscoso que muitas vezes impede que os antibióticos convencionais acessem as células bacterianas. Desenvolvemos uma nova linha de antibióticos que engana os biofilmes para liberar suas células protegidas, permitindo o acesso através do revestimento viscoso protetor do biofilme. Isso permite que os biofilmes sejam erradicados”, disse Verderosa.

Ele disse que o composto microscópico emite um sinal de fluorescência, permitindo que os pesquisadores observem a droga penetrando no biofilme, matando as bactérias diretamente ou deixando-as suscetíveis à matança. Ele descreveu os novos antibióticos como “medicamentos inteligentes para insetos viscosos”.

A professora Totsika disse “que a maioria das infecções, mesmo as que não estão associadas a um dispositivo médico implantado, envolvem biofilmes de alguma forma, portanto o potencial para esses medicamentos é amplo. Agora estamos nos preparando para fazer testes pré-clínicos”.

Medicamentos inteligentes contra infecções por estafilococos“O que é promissor é o fato de que nossos compostos são híbridos de medicamentos que já estão em uso clínico como terapias independentes, como antibióticos convencionais e nitróxidos, de modo que isso oferece esperança de que possam ser traduzidos em terapias clínicas não tão distantes futuro”, disse Totsika.

As infecções hospitalares adquiridas e o aumento da resistência aos antibióticos desafiaram os pesquisadores médicos a encontrar e testar novos agentes antimicrobianos, incluindo alternativas aos antibióticos.

A Organização Mundial da Saúde identificou patógenos resistentes a antibióticos como uma das “maiores ameaças à saúde global hoje”. Totsika ainda disse que havia margem para aplicar a pesquisa além da medicina, agricultura, biotecnologia e outras indústrias.

 

______________________

A pesquisa foi publicada na principal revista de doenças infecciosas Antimicrobial Agents and Chemotherapy.

* “Nitroxide functionalized antibiotics are promising eradication agents against Staphylococcus aureus biofilms” – 2019.

Autores: Anthony D. Verderosa, Rabeb Dhouib, Kathryn E. Fairfull-Smith, Makrina Totsika” – 10.1128 / AAC.01685-19

4Medic

4Medic

As informações publicadas no site são elaboradas por redatores terceirizados não profissionais da saúde. Este site se compromete a publicar informações de fontes segura. Todos os artigos são baseados em artigos científicos, devidamente embasados.