Cientistas avançam na descoberta de novos tipos de Antibióticos!

Os cientistas desenvolveram um método com o qual eles podem testar rapidamente um grande número de moléculas quanto ao efeito antibiótico. Com isso, eles já descobriram com sucesso novos candidatos a antibióticos produzidos por microorganismos. No futuro, eles usarão sua nova tecnologia para examinar amostras de solo e o microbioma na pele humana para microrganismos medicamente úteis.

O Método e os novos antibióticos

Steven Schmitt e colegas do grupo ETH do professor Sven Panke no Departamento de Ciência e Engenharia de Biossistemas do ETH Zurich em Basiléia, modernizaram e miniaturizaram o método de Fleming, tornando-o apto para triagem de alto rendimento de microorganismos e substâncias que eles produzem.

“Enquanto atualmente leva cerca de um ano para testar cerca de 10.000 produtores de substâncias usando métodos convencionais, somos capazes de examinar milhões de variantes em apenas alguns dias”, diz Schmitt, que desenvolveu o método como parte de sua tese de doutorado na ETH.

Os cientistas da ETH, juntamente com colegas holandeses e alemães, identificaram com sucesso uma série de novos candidatos a antibióticos com a nova tecnologia. Em uma próxima etapa, os cientistas investigarão se algumas dessas moléculas são adequadas para aplicação médica.

Antibióticos mais eficazes

A pesquisa e a abordagem do novo método foram publicadas recentemente na revista científica Nature Chemical Biology. Eles testaram uma coleção de 6.000 peptídeos (proteínas curtas) para efeito antibiótico. Estas moléculas são semelhantes a um grupo de antibióticos peptídicos conhecidos, chamados lantibióticos. Os cientistas queriam investigar se era possível aumentar a eficácia dos lantibióticos ou ignorar os mecanismos de resistência conhecidos, alterando sua estrutura molecular de maneira inteligente.

Novos-antibióticos

Trabalhando em parceria com colegas cientistas holandeses e alemães, eles partiram de lantibióticos conhecidos e de suas subunidades estruturais e funcionais. Utilizando uma abordagem de biotecnologia, eles combinaram essas diferentes subunidades de todas as maneiras possíveis e criaram uma coleção de microorganismos que produzem esses peptídeos recombinantes. Testando-os com o método nanoFleming, a equipe encontrou 11 peptídeos que ou são eficazes em doses menores que os lantibióticos convencionais ou são capazes de contornar os mecanismos de resistência conhecidos.

No futuro, eles usarão sua nova tecnologia para examinar amostras de solo e o microbioma na pele humana para microrganismos medicamente úteis.

4Medic

4Medic

4Medic é uma empresa especializada em gestão de clinicas e consultórios médico. Que fornece diariamente notícias sobre a área de saúde em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *