Chip mostra como o sistema imunológico do paciente está funcionando!

Saber como o sistema imunológico de um paciente está funcionando pode ser muito útil para diagnosticar uma doença e orientar o curso da terapia. Pesquisadores da Universidade Tecnológica Nanyang, em Cingapura, estão tornando isso realidade, tendo desenvolvido um chip híbrido que avalia a saúde dos glóbulos brancos em uma amostra de sangue total.

Analise do sistema imunológico

O chip microfluídico possui uma série de componentes que separam os glóbulos brancos de todos os outros componentes do sangue. Milhares de células podem ser processadas em apenas alguns minutos, graças a um mecanismo semelhante a uma máquina de classificação de moedas.

Sensores de impedância dentro do dispositivo são usados ​​para analisar células brancas individuais, que medem indiretamente o tamanho da célula. Os glóbulos brancos que não são saudáveis ​​tendem a ter um tamanho maior e ter diferentes consistências de membrana e, portanto, impedância elétrica significativamente fora de linha em comparação com a de células saudáveis. Não há biomarcadores, anticorpos ou outros produtos químicos envolvidos no processo, tornando-o barato e fácil de conduzir.

Uma vez que eles são o principal componente do sistema imunológico do corpo, conhecer o estado dos glóbulos brancos pode ser indicativo de como está o sistema imunológico inteiro e apontar para outras condições relacionadas.

Usando sangue de indivíduos saudáveis ​​e portadores de diabetes, os pesquisadores conseguiram mostrar que podem avaliar rapidamente a saúde dos glóbulos brancos.

Atualmente, o dispositivo foi projetado para uso em laboratório, mas certamente pode ser modificado e otimizado para ser um diagnóstico portátil.

Possíveis usos do chip

Chip mostra como o sistema imunológico do paciente está funcionandoDe acordo com o Professor Hou Han Wei, que também é membro do corpo docente da Escola de Medicina Lee Kong Chian da NTU, disse que seu chip detecta diferenças elétricas entre um glóbulo branco saudável e um não saudável. Os glóbulos brancos anormais foram relatados como um biomarcador precoce do risco aumentado de doenças cardiovasculares e também sugerem uma inflamação em andamento.

Com ele será possível diagnosticar a grande maioria das doenças relacionadas ao sistema imunológico humano e indicar qual o melhor tratamento a seguir.

O artigo com os dados da pesquisa foi publicado no site oficial da Universidade Tecnológica Nanyang.

4Medic

4Medic

As informações publicadas no site são elaboradas por redatores terceirizados não profissionais da saúde. Este site se compromete a publicar informações de fontes segura. Todos os artigos são baseados em artigos científicos, devidamente embasados.