Nova tecnologia acelera a recuperação de pacientes com AVC!

Uma nova ferramenta de terapia por tela sensível ao toque pode acelerar a recuperação de pacientes com AVC e mudar a maneira como a reabilitação é realizada em hospitais e residências.

Software para recuperação de pacientes com AVC

Projetado para pessoas com lesões cerebrais adquiridas, o EDNA é um software de reabilitação digital que oferece terapia através de uma série de jogos terapêuticos divertidos e desafiadores, por meio de um dispositivo touchscreen.

Os resultados de um ensaio clínico randomizado mostraram que pacientes com AVC que incorporaram EDNA em seus programas de tratamento apresentaram uma melhora duas a três vezes maior do que aqueles que receberam apenas terapia convencional.

O pesquisador da RMIT University, o Professor Jonathan Duckworth, disse que a forma digital de reabilitação visa manter o envolvimento do paciente, melhorando a conformidade e a recuperação.

“Nós projetamos o EDNA para que os pacientes pudessem fazer terapia sem que parecesse terapia”, disse ele.

A reabilitação precoce e intensiva leva a melhores resultados funcionais, no entanto, apenas 50% dos pacientes com AVC recebem terapia adequada. O EDNA apresenta uma variedade de jogos terapêuticos que envolvem ferramentas tangíveis e compreensíveis com feedback aumentado, promovendo a plasticidade cerebral para recuperar a capacidade motora, cognitiva e funcional.

Os dados de desempenho são coletados na nuvem, permitindo que os terapeutas analisem remotamente os dados integrados, monitorem a recuperação e forneçam programas de tratamento personalizados.

Duckworth disse que, embora os resultados ainda não possam ser usados ​​para prever a recuperação a longo prazo, os resultados foram promissores e mostraram o valor de incluir o EDNA como parte de um kit de ferramentas de terapia.

O EDNA é o primeiro sistema de reabilitação de lesões cerebrais nos membros superiores a integrar a clínica e a terapia domiciliar para monitorar a recuperação, portanto há um grande potencial para transformar a indústria e melhorar os resultados para os pacientes.

Um novo estudo está em andamento no hospital Prince of Wales, em Sydney, usando uma versão portátil que permite maior frequência de tratamento com terapia independente em casa. O principal investigador e neuropsicólogo da Universidade de Sydney, Dr. Jeff Rogers, disse que a tecnologia inovadora proporcionou benefícios para pacientes com AVC que excederam as expectativas.

Vídeo acima mostra o EDNA em ação. Crédito: Vídeo gentilmente cedido ao 4medic pela RMIT University.

“Trabalhamos em estreita colaboração com os pacientes no teste e no design do EDNA para garantir que ele seja realmente usado e estamos muito felizes com os resultados”, disse ele.

O co-autor do estudo, professor Peter Wilson, da Universidade Católica Australiana, disse que uma solução terapêutica em casa tem o potencial de reduzir o número de visitas semanais ao hospital e está alinhada às tendências recentes de reabilitação centrada no paciente.

“Os pacientes podem se esforçar para manter as atividades de terapia entre as sessões; portanto, ter um dispositivo portátil para levar para casa e usar por conta própria pode aumentar a aceitação da terapia e acelerar a recuperação “, concluiu ele.

 

_____________________

Os resultados do estudo foram publicados no periódico científico Journal of NeuroEngineering and Rehabilitation.

* “Elements virtual rehabilitation improves motor, cognitive, and functional outcomes in adult stroke: evidence from a randomized controlled pilot study” – 2019.

Autores do estudo: Jeffrey M. Rogers, Jonathan Duckworth, Sandy Middleton, Bert Steenbergen, Peter H. Wilson – 10.1186/s12984-019-0531-y

4Medic

4Medic

As informações publicadas no site são elaboradas por redatores terceirizados não profissionais da saúde. Este site se compromete a publicar informações de fontes segura. Todos os artigos são baseados em artigos científicos, devidamente embasados.