KEYTRUDA – Medicamento mostrou ser eficiente para tratar câncer e HIV!

Os resultados de um estudo conduzido por médicos do Centro de Pesquisa do Câncer Fred Hutchinson mostraram que pacientes vivendo com HIV e com vários tipos de câncer potencialmente letais poderiam ser tratados com segurança com o medicamento de imunoterapia pembrolizumab, também conhecido por seu nome comercial, KEYTRUDA.

Durante uma apresentação ao Instituto Americano do Câncer, em Washington, o pesquisador Fred Hutch disse que em quase todos os casos era seguro usar a droga em pacientes com câncer e HIV. O “perfil de eventos adversos”, uma medida da segurança do medicamento no estudo, não foi substancialmente diferente dos estudos anteriores que excluíram tais pacientes. Os resultados, segundo os autores do estudo, são provavelmente aplicáveis ​​a cinco drogas similares que bloqueiam os receptores conhecidos como PD-1 ou PD-L1 nas células T superficiais.

A conclusão sobre o KEYTRUDA

“Nossa conclusão é que a terapia anti-PD-1 é apropriada para pacientes com câncer com HIV bem controlado, e que pacientes com HIV e câncer podem ser tratados com a droga e devem ser incluídos em futuros estudos de imunoterapia”, disse o Dr Fred.

KEYTRUDA Medicamento para tratar câncer e HIV

O estudo com 30 pacientes estudou apenas o pembrolizumab KEYTRUDA, pacientes HIV-positivos com diferentes tipos de câncer que poderiam responder à droga foram incluídos no estudo. Entre os cânceres tratados foram: câncer de pulmão; Sarcoma de Kaposi ou KS; linfoma não-Hodgkin; câncer de fígado; câncer anal e câncer avançado de pele de células escamosas.

No geral, o perfil de segurança do pembrolizumab KEYTRUDA em pessoas com HIV e câncer foi semelhante ao observado em ensaios clínicos na população geral. Embora o objetivo principal do estudo fosse avaliar a segurança, ele também forneceu um instantâneo da atividade anti-câncer do medicamento nesses pacientes. Um paciente com câncer de pulmão teve uma resposta completa ao tratamento, e a atividade também foi observada em importantes cânceres associados ao HIV, incluindo linfoma não-Hodgkin, sarcoma de Kaposi e câncer de fígado.

4Medic

4Medic

As informações publicadas no site são elaboradas por redatores terceirizados não profissionais da saúde. Este site se compromete a publicar informações de fontes segura. Todos os artigos são baseados em artigos científicos, devidamente embasados.