Estudo: as condições ambientais afetam a estabilidade do novo coronavírus!

Um novo estudo liderado pelo pesquisador da Universidade Marshall, o Dr M.Jeremiah Matson descobriu que as condições ambientais afetam a estabilidade do novo coronavírus da síndrome respiratória aguda grave (SARS-CoV-2) no muco e escarro nasal humano.

As condições ambientais afetam a estabilidade do novo coronavírus?

O SARS-CoV-2, o vírus que causa a doença conhecida como COVID-19, mostrou-se menos estável em umidade e temperaturas mais altas. No estudo, o SARS-CoV-2 foi misturado com amostras de muco nasal e escarro humano, que foram expostas a três conjuntos diferentes de temperatura e umidade por até sete dias. As amostras foram coletadas ao longo do estudo e analisadas quanto à presença de vírus infeccioso, bem como RNA viral isolado, o que não é infeccioso.

O RNA viral foi detectável de forma consistente ao longo do estudo de sete dias, enquanto o vírus infeccioso foi detectado por até aproximadamente 12 a 48 horas, dependendo das condições ambientais.

as condições ambientais afetam a estabilidade do novo coronavírus“A pandemia do COVID-19 tem sido um lembrete preocupante de que as doenças infecciosas continuam a ser uma grande ameaça à saúde pública e exigem um comprometimento sustentado da pesquisa. Embora este seja um pequeno estudo que aborda apenas o potencial de transmissão de fomitos [um objeto que pode estar contaminado com agentes infecciosos], que é considerado menos importante do que a transmissão de gotículas para o SARS-CoV-2, ainda assim é informativo para o público” avaliação de risco à saúde”, disse Matson.

Em um segundo estudo, também divulgado este mês, o Dr Matson fez parte de uma equipe de pesquisadores que avaliou a eficácia da descontaminação e reutilização do respirador N95 e contra a SARS-CoV-2. O peróxido de hidrogênio vaporizado e a luz ultravioleta foram considerados mais eficazes se o ajuste e a vedação adequados fossem mantidos.

 

_________________________________

O estudo foi publicado no jornal periódico do CDC (Emerging Infectious Diseases).

* “Effect of Environmental Conditions on SARS-CoV-2 Stability in Human Nasal Mucus and Sputum” – 2020.

Autores do estudo: M. Jeremiah Matson, Claude Kwe Yinda, Stephanie N. Seifert, Trenton Bushmaker, Robert J. Fischer, Neeltje van Doremalen, James O. Lloyd-Smith, and Vincent J. Munster – 10.3201/eid2609.202267

4Medic

4Medic

As informações publicadas no site são elaboradas por redatores terceirizados não profissionais da saúde. Este site se compromete a publicar informações de fontes segura. Todos os artigos são baseados em artigos científicos, devidamente embasados.