Cuidados do Profissional de saúde na quarentena de coronavírus!

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o estilo como os Franceses lidam com a quarentena do coronavírus é no momento o mais eficaz, garantindo a integridade dos profissionais.

A quarentena do coronavírus

Duas vezes por dia, a temperatura é medida e os enfermeiros verificam se há sintomas de coronavírus: além disso, a principal preocupação é no contato com o telefone e manter a roupa limpa.

Dos 179 pacientes mantidos atualmente em quarentena do coronavírus no país – a maioria é composta por cidadãos franceses e seus cônjuges chineses – vindos da China ou que estavam a passeio ou negócios. Um resort de férias no sudeste da França foi reservado e será sua casa pelas próximas duas semanas.

As autoridades francesas optaram por fazer com que todos os pacientes e profissionais de saúde fiquem o mais confortável possível.

Contato com pacientes

No momento, ninguém mostrou nenhum sintoma que pudesse indicar que havia pegado o novo coronavírus. Dois possíveis casos identificados quando os evacuados saíram de seu avião na sexta-feira tiveram resultado negativo no hospital La Timone, em Marselha.

A equipe médica que cuida dos casos suspeitos são compostos de 60 pessoas que revesam turnos de 6 horas cada, incluindo médicos, enfermeiros e psicólogos. Como apoio estão soldados das unidades de segurança civil da França e 30 voluntários da Cruz Vermelha, que cuidam principalmente da logística de sua estadia.

No primeiro dia, os recém-chegados são submetidos a aos procedimentos de higiene total: como trocar de roupa, queimar as antigas, cortar as unhas, aparar os pelos, em seguida fazer os testes e exames necessários. Durante este procedimento, os profissionais não podem ter contato algum com os suspeitos de infecção do vírus.

Enquanto os pacientes dormem, membros da força paramilitar da França patrulhavam o local, mantendo uma guarda cuidadosa para evitar a aproximação de curiosos e toda movimentação que possa propagar o vírus.

O uso de kits de segurança como luvas de vinil reforçadas, máscaras de duas a três camadas, álcool líquido 90 GL, banhos regulares a cada 3 horas, fazem parte da rotina, todo cuidado é pouco quando se trata de uma doença ainda sem muitas informações.

Profissional de saúde na quarentena de coronavírusToda a comida vem de fora, e é inspecionada individualmente cada marmita, sendo obrigatório o uso de talhes descartáveis. Na quarentena do coronavírus não é permitido aglomeração de mais de 3 pessoas no mesmo ambiente.

A princípio pode parecer meio extremo, mas a Organização Mundial de Saúde garante que no momento este é o modelo mais eficaz de garantir que os profissionais possam trabalhar sem um risco maior de infecção. Ainda segundo a OMS, instruções semelhantes estão sendo repassados aos países com casos da doença.