Outro estudo constata que a COVID-19 normalmente é leve em crianças!

Novas pesquisas aumentam a evidência de que a COVID-19 em crianças infectadas têm sintomas menos graves do que adultos com coronavírus. Os pesquisadores analisaram os casos de 731 crianças na China com casos confirmados por testes laboratoriais do coronavírus e 1.412 crianças com suspeita de COVID-19.

COVID-19 em crianças

A maioria desses 2.143 casos foi leve e apenas uma criança morreu. Perto de 6% dos casos das crianças foram graves ou críticos, em comparação com 18,5% dos casos em adultos. Não está claro por que crianças com COVID-19 tendem a não ficar tão doentes quanto os adultos.

“Pode haver várias razões”, disse Bonnie Maldonado, presidente do Comitê de Doenças Infecciosas dos Estados Unidos.

“É possível que o receptor do vírus não esteja na mesma configuração em crianças que em adultos. É possível que apenas mais adultos tenham sido testados porque esse foi o foco. No entanto, houve outros estudos de mulheres grávidas e crianças que não tiveram a doença tão grave. Suspeito que a resposta imune das crianças seja diferente, o sistema imunológico deles é jovem e está evoluindo. O coronavírus “parece especialmente poupar crianças pequenas”, observou Maldonado.

Os pesquisadores também disseram que seu estudo fornece fortes evidências da transmissão de pessoa para pessoa do coronavírus.

Mais de 90% de todas as crianças no estudo eram assintomáticas ou apresentavam formas leves ou comuns de doença – e cerca de 13% das crianças que apresentaram resultado positivo para o vírus não apresentaram sintomas de doença, uma taxa que “quase certamente subestima a verdadeira taxa de infecção assintomática, uma vez que é improvável que muitas crianças assintomáticas sejam testadas.

“Muitas perguntas precisam ser respondidas. Os estudos precisam ser feitos o mais rápido possível para entender o impacto diferencial entre adultos e crianças, porque essas informações podem ser úteis. Quando as pessoas têm sintomas da doença, pode ser possível contê-la mais rapidamente, mas não se sabe se crianças sem sintomas da doença podem espalhar o coronavírus para outras pessoas”, de acordo com Maldonado.

COVID-19 normalmente é leve em criançasUm estudo diferente da China, publicado recentemente no Journal of American Medical Association, descobriu que, embora os bebês possam ser infectados pelo coronavírus, sua doença é mais branda do que nas pessoas idosas e naquelas com problemas de saúde crônicos.

Outro estudo chinês descobriu que, embora as crianças infectadas com o coronavírus normalmente apresentem apenas sintomas leves, elas podem se livrar do coronavírus muito tempo depois de não terem mais sintomas. A pesquisa foi publicada em 13 de março na Nature Medicine.

 

__________________________

O estudo foi publicado on-line em 16 de março na revista Pediatrics.

4Medic

4Medic

As informações publicadas no site são elaboradas por redatores terceirizados não profissionais da saúde. Este site se compromete a publicar informações de fontes segura. Todos os artigos são baseados em artigos científicos, devidamente embasados.