OMS: Aumentam os número de mortes por coronavírus na Europa!

A OMS comunicou que os casos de coronavírus na Europa estão aumentado a cada dia, fugindo do controle estabelecido pelas autoridades a uma semana e brevemente a quarentena será inevitável, pelo menos enquanto não surge uma vacina efetiva.

Coronavírus na Europa

Casos na Itália

A Itália registrou um aumento no número de mortes do novo coronavírus para 79, com mais de 2.500 pessoas infectadas – a maioria dos casos de coronavírus na Europa. A agência de proteção civil disse que 27 pessoas morreram desde segunda-feira. O número subiu nas 18 mortes relatadas nas 24 horas anteriores, de domingo a segunda-feira.

A maioria das mortes – 55 – foi registrada na região norte da Lombardia, ao redor de Milão, com a região de Emilia-Romagna, em Bolonha, registrando 18 mortes. O número de pessoas que recebem tratamento intensivo no hospital subiu de 166 para 229 na segunda-feira, mostraram os números oficiais.

A Itália possui 2.502 casos de coronavírus no total. Autoridades disseram que realizaram 25.856 testes.

Coronavírus na França

Cerca de 120 escolas francesas foram obrigadas a fechar, a maioria na Bretanha e na região de Oise, ao norte de Paris, que foram duramente atingidas pelo COVID-19, a doença causada pelo novo coronavírus. O ministro da Educação da França, Jean-Michel Blanquer, disse à televisão LCI que mais escolas poderiam fechar e confirmaram que ele havia ordenado um congelamento em todas as viagens escolares. Mas ele alertou para não correr para o desligamento geral do sistema educacional.

O presidente francês Emmanuel Macron anunciou em um tweet que o governo estava requisitando todos os estoques atuais e futuros de máscaras protetoras, a fim de garantir sua distribuição aos pacientes com vírus e profissionais de saúde.

Confirmado primeiro caso de coronavírus na Ucrânia

O Ministério da Saúde da Ucrânia confirmou na terça-feira o primeiro caso de coronavírus no país, na cidade de Chernivtsi. O vice-ministro da Saúde Viktor Lyashko disse a repórteres em Kiev que um homem que apresentava sintomas do vírus foi hospitalizado no sábado, três dias depois de voltar de férias na Itália.

Lyashko disse que o homem, cuja condição foi confirmada na segunda-feira, está em condição estável e que sua esposa está em quarentena em sua casa.

coronavírus na EuropaO prefeito de Kiev, Vitaliy Klitschko, anunciou na terça-feira medidas para impedir a propagação do vírus, dizendo que os alunos receberão suas temperaturas na escola e que o transporte público será limpo com desinfetante.

Reino Unido

A Grã-Bretanha registrou 51 casos confirmados de COVID-19 a partir das 9h (horário de Brasília) de hoje, um aumento de 12 em 24 horas, conforme o primeiro-ministro Boris Johnson advertiu que a contagem era “altamente provável” de continuar aumentando as estatísticas de casos de coronavírus na Europa.

Globalmente, mais de 3.100 pessoas morreram e mais de 90.000 foram infectadas pelo coronavírus.

4Medic

4Medic

As informações publicadas no site são elaboradas por redatores terceirizados não profissionais da saúde. Este site se compromete a publicar informações de fontes segura. Todos os artigos são baseados em artigos científicos, devidamente embasados.