Estudo diz: ter o nível de colesterol ruim muito baixo provoca derrames!

Durante anos especialistas disseram que quanto menor o colesterol LDL, o coleterou ruim, melhor. Você sabia que é possível que níveis muito baixos possam prejudicá-lo? Sim, dizem os pesquisadores que as mulheres que têm níveis de colesterol LDL (“ruins”) excessivamente baixos, podem enfrentar um risco maior de um derrames.

Colesterol Ruim e os estudos

A descoberta vai contra as diretrizes do governo que afirmam que as pessoas devem se esforçar para manter seus níveis de LDL abaixo de 100 miligramas por decilitro (mg / dL).

Mas depois de rastrear cerca de 28.000 mulheres com idades entre 45 e 60 anos, os investigadores determinaram que as mulheres com níveis de LDL de 70 mg / dl ou mais, tinham o dobro de probabilidade de sofrer um derrame hemorrágico, do que aqueles com níveis de LDL. o intervalo de 100 a 130 mg / dL.

Uma dinâmica semelhante foi observada com as gorduras do sangue conhecidas como triglicerídeos. As mulheres com os níveis mais baixos de triglicérides em jejum (74 mg / dL ou menos) também viram seu risco de derrame hemorrágico dobrar quando comparado às mulheres com os níveis mais altos (156 mg / dL ou mais).

Ainda assim, um especialista em coração pediu cautela na interpretação dos resultados.

Dr. Gregg Fonarow é co-diretor do programa de cardiologia preventiva da Universidade da Califórnia, em Los Angeles. Ele ressaltou que os riscos aumentados “são pequenos em termos absolutos”, e há um risco muito maior de que um paciente com altos níveis de LDL possa experimentar um coágulo sanguíneo, um derrame “isquêmico” (causado por coágulo) ou um ataque cardíaco.

Pesquisas anteriores indicam que “não há aumento significativo no AVC hemorrágico, e o risco de AVC isquêmico é significativamente reduzido”, observou Fonarow.

Como explicar as últimas descobertas?

Testes

“Os mecanismos completos pelos quais níveis muito baixos de colesterol LDL ou triglicérides baixos aumentam o risco de AVC hemorrágico ainda não são conhecidos”, disse a autora do estudo Pamela Rist. Ela é professora assistente de medicina na Harvard Medical School e no Hospital Brigham and Women, em Boston.

Rist apontou a teoria de que LDL baixo e triglicerídeos podem enfraquecer as paredes dos vasos sanguíneos. E isso poderia aumentar o risco de um derrame hemorrágico, embora o estudo não tenha provado uma relação de causa e efeito.

No entanto, “essas mulheres com colesterol ruim podem ter um risco aumentado de sofrer um derrame hemorrágico. Portanto, é importante gerenciar outros fatores de risco para AVC hemorrágico, como hipertensão [pressão alta] e tabagismo”, disse Rist.

4Medic

4Medic

4Medic é uma empresa especializada em gestão de clinicas e consultórios médico. Que fornece diariamente notícias sobre a área de saúde em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *