Soyfit


Soyfit – Bula do remédio

Soyfit com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Soyfit têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Soyfit devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

A 4Medic não vende nenhum tipo de medicamento

Laboratório

Janssen

Apresentação de Soyfit

Comprimidos rev. em embalagem com 28 comprimidos.
Cada comprimido rev. contém:
Extrato Seco de Glycine max (L.) Merr. 40% 125 mg

Soyfit – Indicações

No tratamento dos sintomas vasomotores, tais como: fogachos (ondas de calor) e sudorese, associados ao climatério.

Contra-indicações de Soyfit

Hipersensibilidade ao Extrato de Glycine max (L.) Merr. (soja) ou aos excipientes da formulação.
O medicamento é contra-indicado para crianças.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Soyfit

Foram relatadas reações gastrointestinais como obstipação, distensão abdominal por gases, flatulência, náuseas, vômitos e diarréia. Prolongamento do ciclo menstrual pode ocorrer em
mulheres pré menopausadas. Quadros asmáticos também foram raramente relatados.
Atenção: Este é um medicamento novo e, embora aspesquisas tenham indicado eficácia e segurança aceitáveis para comercialização, efeitos indesejáveis e não conhecidos podem ocorrer. Neste caso, informe seu médico.

Soyfit – Posologia

Deve-se administrar 1 comprimido ao dia, por via oral. A dose pode ser aumentada a critério médico.
Cada comprimido de Soyfit* contém 125mg de extrato seco de Glycine max (L.) Merr., equivalente a 50mg de isoflavonas totais.

Soyfit – Informações

As isoflavonas são fitoestrogênios da soja, sendo similares em estrutura ao estradiol, principal hormônio feminino. Exercem efeitos estrogênicos e antiestrogênicos no metabolismo humano. Tais efeitos dependem de vários
fatores como a concentração de estrogênios endógenos, as características
individuais como idade e fase da menopausa e a concentração de
fitoestrogênios. Os fitoestrogênios exibem uma atividade estrogênica mais
fraca que o 17 beta-estradiol, na ordem de 10-2 a 10-3.
No organismo, os estrogênios interagem com os receptores a e ß. Os
receptores a são mais abundantes no sistema reprodutor feminino (glândulas
mamárias e útero) enquanto os ß predominam em outros tecidos como trato
urogenital, ossos, vasos sangüíneos e sistema nervoso central. Os
fitoestrogênios se complexam ao receptor a de maneira fraca, produzindo
ações antiestrogênicas, e com o receptor ß de maneira quase igual aos
estrogênios endógenos, produzindo suas ações estrogênicas, dependendo da
saturação dos receptores e do nível circulante de estrogênios, assemelhandose
à ação dos moduladores seletivos dos receptores de estrogênios.
Decorrem desta interação suas ações sobre o centro termorregulador
hipotalâmico e a consequente atividade sobre os sintomas da menopausa,
tais como os fogachos e a sudorese associados ao climatério, sem acarretar,
em geral, proliferação endometrial.
Também associadas às isoflavonas, relacionam-se suas ações antioxidantes
e antiateroscleróticas, tanto através do aumento da função das enzimas
antioxidantes, como pelas influências benéficas obtidas sobre a reatividade
vascular e a progressão da doença aterosclerótica. Além das ações hormonais,
as isoflavonas apresentam potente ação inibitória sobre a tirosina-quinase,
podendo afetar a DNA toposisomerase II e a quinase ribossomal S6, com
grande influência sobre o ciclo celular, diferenciação, proliferação e apoptose, o
que pode correlacionar-se a um aspecto preventivo do aparecimento de
neoplasias.

4Medic

4Medic

As informações publicadas no site são elaboradas por redatores terceirizados não profissionais da saúde. Este site se compromete a publicar informações de fontes segura. Todos os artigos são baseados em artigos científicos, devidamente embasados.