Climaderm 7 Dias


Climaderm 7 Dias – Bula do remédio

Climaderm 7 Dias com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Climaderm 7 Dias têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Climaderm 7 Dias devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

A 4Medic não vende nenhum tipo de medicamento

Laboratório

Wyeth

Apresentação de Climaderm 7 Dias

Adesivo emb. c/ 4 un. (50 mcg/dia)

Climaderm 7 Dias – Indicações

1. Sintomas vasomotores moderados a severos associados à deficiência estrogênica.

2. Prevenção e tratamento da osteoporose associada à deficiência estrogênica.

Contra-indicações de Climaderm 7 Dias

Câncer da mama diagnosticado ou suspeito.

Neoplasia estrogênio-dependente diagnosticada ou suspeita.

Gravidez confirmada ou suspeita.

Sangramento genital anormal de causa indeterminada.

Presença de tromboflebite ou distúrbios tromboembólicos; história destas condições em associação ao uso prévio de estrogênios.

Hipersensibilidade ao estradiol ou a qualquer componente do medicamento.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Climaderm 7 Dias

Em um estudo clínico com 80 mulheres pós-menopáusicas com Climaderm* 4 dias (estradiol), os efeitos adversos mais frequentes relatados foram reações cutâneas incluindo prurido, eritema e edema no local da aplicação. Os resultados classificados em locais e sistêmicos estão relacionados abaixo:

Local

prurido 15%

eritema 13%

edema 4%

Sistêmico

spotting 10%

metrorragia 8%

desconforto mamário 4%

outros incluindo dor pélvica, leucorréia, aumento de peso e dor de cabeça 1%

A incidência de efeitos estrogênicos sistêmicos em pacientes recebendo estradiol transdérmico parece ser comparável à observada em pacientes recebendo estrogênios orais.

Pele: Em estudo de tolerabilidade cutânea onde CLIMADERM* 7 DIAS (ESTRADIOL) foi testado em regime semanal, a incidência de reações locais 30 minutos após a remoção do adesivo foi de 28,9% (eritema 23,7%; eritema e induração 4,1%; eritema, induração e vesícula 1,1%). Sete dias após a retirada do adesivo a incidência de reações cutâneas caiu para 2,6% (eritema 2,2%; eritema e induração 0,4%). Estas reações regrediram espontaneamente.

Outras reações adversas observadas com o tratamento estrogênico estão relacionadas abaixo:

Sistema Nervoso Central: coréia, tonturas, cefaléia, enxaqueca.

Endócrino: Aumento, hipersensibilidade e secreção das mamas.

Olhos: Acentuação da curvatura córnea, intolerância a lentes de contato.

Sistema Gastrintestinal: Cólicas, distensão abdominal, icterícia colestática, náuseas, vômitos, pancreatite.

Sistema Geniturinário: Amenorréia, sangramento intermenstrual, alterações no fluxo menstrual, spotting.

Sistema Cardiovascular: tromboembolismo venoso, embolismo pulmonar.

Outros: Agravamento de porfiria, alterações da libido, edema, aumento ou perda de peso.

Climaderm 7 Dias – Posologia

A dosagem usual de CLIMADERM* 7 DIAS (ESTRADIOL) é de 1 adesivo aplicado sobre a pele a cada 7 dias. Deve ser utilizada a menor dose que proporcione controle dos sintomas. Sinais e sintomas de deficiência estrogênica devem ser regularmente avaliados a intervalos de 3 a 6 meses.

CLIMADERM* 7 DIAS (ESTRADIOL) pode ser utilizado em esquema contínuo, ou seja, sem intervalo, ou cíclico (por exemplo, 1 semana de intervalo a cada 3 semanas de tratamento).

Assim como na terapia de reposição estrogênica oral, para evitar-se hiperplasia de endométrio recomenda-se a administração de progestogênio por pelo menos 10 dias durante cada ciclo com CLIMADERM* 7 DIAS (ESTRADIOL) (ver PRECAUÇÕES).

Em mulheres que estão tomando estrógenos orais, o tratamento com CLIMADERM* 7 DIAS (ESTRADIOL) pode ser iniciado uma semana após a interrupção da terapia oral ou antes, caso os sintomas reapareçam antes de uma semana.

A embalagem contendo 1 unidade deve ser aberta removendo o filme de alumínio a partir de uma das extremidades da embalagem. O adesivo deve ser aplicado imediatamente após remoção da película protetora, com pressão firme sobre uma área de pele limpa, seca e sem pêlos, em local que não esteja sujeito a movimento excessivo (por exemplo, abdômen, nádegas ou coxas). A aplicação não deve ser feita em áreas de pele oleosa, lesada ou irritada, ou na proximidade das mamas ou genitais.

O adesivo utilizado deve ser removido e descartado no oitavo dia a contar do dia da aplicação e um novo adesivo deve ser aplicado em um local diferente da pele. Os locais de aplicação devem ser variados de modo a permitir um intervalo mínimo de uma semana entre aplicações no mesmo local.

Embora o contato com água (na banheira, no chuveiro ou na prática de natação) não afete o adesivo, a aplicação sobre pele úmida deve ser evitada porque a aderência não será adequada.

Climaderm 7 Dias – Informações

CLIMADERM* 7 DIAS (ESTRADIOL), adesivo para aplicação transdérmica de estradiol, foi concebido para liberação contínua de estradiol após aplicação em uma área de pele intacta. O produto é um auto-adesivo transparente com uma superfície de 15 cm2 contendo 3,55 mg de estradiol ativo. Cada adesivo permite a administração in vivo de 50 mcg de estradiol por um período de 24 horas durante 7 dias.

O componente ativo, estradiol, é um pó branco cristalino, quimicamente descrito como estra-1,3,5 (10) – trieno – 3,17 beta-diol, e tem a seguinte estrutura química:

O adesivo CLIMADERM* 7 DIAS (ESTRADIOL) é composto de três camadas na seguinte seqüência: uma lâmina externa transparente, uma camada adesiva contendo estradiol e uma película protetora removível. A matriz adesiva é composta de polímero acrílico, resina sintética, agente intensificador de permeabilidade e agentes antioxidantes.
CLIMADERM* 7 DIAS (ESTRADIOL) proporciona tratamento de reposição estrogênica sistêmica pela liberação contínua de 17 beta-estradiol através da pele. O estradiol é o principal hormônio estrogênico secretado pelos ovários. Os estrogênios são importantes no desenvolvimento e manutenção do sistema urogenital feminino e dos caracteres sexuais secundários. Promovem o crescimento e desenvolvimento da vagina, útero e trompas de Falópio, e o aumento das mamas. Indiretamente, contribuem para a conformação da estrutura óssea, manutenção do tônus e da elasticidade das estruturas urogenitais, alterações nas epífises dos ossos longos associadas ao estímulo de crescimento na puberdade e ao seu término, promovem o crescimento de pelos axilares e pubianos e a pigmentação dos mamilos e genitais.

A diminuição da atividade ovariana estrogênica e progestogênica no final do ciclo menstrual pode ocasionar a menstruação, embora a interrupção da secreção de progesterona seja o fator mais importante no ciclo ovulatório maduro. Entretanto, no ciclo pré-ovulatório ou anovulatário, o estrogênio é o determinante primário no início da menstruação. Os estrogênios também afetam a liberação de gonadotrofinas hipofisárias.

A interrupção da secreção ovariana de estradiol após a menopausa pode causar instabilidade da termorregulação ocasionando fogachos, distúrbios do sono e sudorese excessiva; pode também causar atrofia urogenital, provocando dispareunia e incontinência urinária. A terapia com estradiol melhora muitos desses sintomas em mulheres com deficiência estrogênica.

O estradiol administrado oralmente é absorvido pelo trato gastrintestinal e rapidamente metabolizado pelo fígado em estrona e seus conjugados, originando níveis séricos de estrona mais elevados que os de estradiol. Em contraste, quando administrado por via transdérmica, o estradiol é absorvido através da pele e apenas parcialmente metabolizado. Assim sendo, na ausência do efeito hepático de primeira passagem, a administração transdérmica produz níveis séricos terapêuticos de estradiol com níveis circulantes mais baixos de estrona e seus conjugados, requerendo doses totais menores do que as doses da terapia oral.

4Medic

4Medic

4Medic é uma empresa especializada em gestão de clinicas e consultórios médico. Que fornece diariamente notícias sobre a área de saúde em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *