Tenavit


Tenavit – Bula do remédio

Tenavit com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Tenavit têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Tenavit devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

A 4Medic não vende nenhum tipo de medicamento

Laboratório

Marjan

Apresentação de Tenavit

Comprimidos revestidos em embalagem com 30 comprimidos.

Tenavit – Indicações

Este medicamento é destinado à suplementação vitamínica em doenças crônicas e em idosos.

Contra-indicações de Tenavit

Tenavit® é contraindicado para pacientes que apresentam hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula e pacientes com anemia perniciosa.

De acordo com a categoria de risco de fármacos destinados às mulheres grávidas, este medicamento apresenta a categoria de risco C.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Este medicamento é contraindicado para crianças.

Advertências

Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso. Não ingerir doses maiores que as recomendadas.

Tenavit® não é recomendado para o tratamento de anemia perniciosa, uma vez que o ácido fólico pode mascarar os sintomas dessa anemia.

Não há restrições específicas para o uso de Tenavit® em idosos e grupos especiais, desde que observadas as contraindicações e advertências comuns ao medicamento.

De acordo com a categoria de risco de fármacos destinados às mulheres grávidas, este medicamento apresenta a categoria de risco C.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Interações medicamentosas de Tenavit

Interações Tenavit – medicamentos

A vitamina B6 diminui o efeito da levodopa isolada. Por isto, pacientes parkinsonianos usando levodopa isolada não devem utilizar Tenavit®. Cicloserina e isoniazida aumentam a excreção urinária da vitamina B6. Os estrógenos podem reduzir os níveis plasmáticos de fosfato piridoxal e a penicilamina inibe a atividade desta vitamina.

Fenitoína, fenobarbital, primidona, aspirina, colestipol, cicloserina, metotrexato e enzimas pancreáticas reduzem os níveis de ácido fólico, enquanto que o ácido aminosalicílico, antiácidos, colestiramina, estrogênios, bloqueadores H2, carbamazepina e metformina reduzem sua absorção. A excreção do ácido fólico está aumentada quando há administração de diuréticos. A suplementação com ácido fólico pode antagonizar os efeitos do tratamento com pirimetamina.

A absorção de vitamina B12 pode estar reduzida quando há administração concomitante com ácido aminosalicílico, cloranfenicol, colchicina, fenitoína, neomicina, salicilatos, suplementos de potássio. A metformina pode reduzir os níveis séricos de vitamina B12, enquanto que os antibióticos aumentam sua excreção renal.

Interações Tenavit ? substâncias químicas

O consumo excessivo de álcool por pelo menos 2 semanas pode diminuir a absorção de vitamina B12 no trato gastrintestinal.

Interações Tenavit® – exames laboratoriais

A ingestão de vitamina B6 pode provocar uma reação falso-positiva na detecção de urobilinogênio quando utilizado o Reativo de Ehrlich.


Interações Tenavit® – doenças

O ácido fólico pode mascarar a anemia perniciosa por reduzir a megaloblastose. Pode exacerbar as convulsões em pacientes com patologia reconhecida, particularmente em doses elevadas. Doses menores que 1000 mcg raramente foram associadas ao aumento da atividade de convulsões.

A correção de anemia megaloblástica com vitamina B12 pode resultar em uma fatal hipocalemia e gota em indivíduos susceptíveis, além de mascarar a deficiência de folato em anemia megaloblástica. Use essa combinação com cautela.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Tenavit

O uso de Tenavit® geralmente é bem tolerado, mas alguns pacientes podem apresentar os seguintes sintomas ao utilizá-lo:

Distúrbios Gastrintestinais: náusea; vômito e dor abdominal.

Distúrbios Endócrinos: perda de apetite.

Distúrbios Cutâneos: reações alérgicas.

Distúrbios do Sistema Nervoso Central: cefaleia; sonolência; neuropatia sensorial.

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária ? NOTIVISA, disponível em www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm, ou para Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Tenavit – Posologia

Uso oral. Os comprimidos revestidos devem ser ingeridos inteiros e sem mastigar com quantidade suficiente de água para que sejam deglutidos.

Posologia: 1 comprimido ao dia, preferencialmente à refeição, ou a critério médico.

É aconselhável medir a concentração de homocisteína plasmática em 2 semanas de tratamento. O tratamento deverá se prolongar até que não se possa verificar uma redução dos valores da homocisteína plasmática com um aporte correto de vitaminas na dieta.

Limite máximo diário é de 1 comprimido ao dia.

Utilizar apenas a via oral. O uso deste medicamento por outra via, que não a oral, pode causar a perda do efeito esperado ou mesmo promover danos ao seu usuário.

Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.

Superdosagem

A superdosagem do medicamento pode ocasionar os seguintes sintomas:

Distúrbios Gastrintestinais: cólicas abdominais; diarreia; náusea; vômito; distensão abdominal; flatulência e gosto amargo na boca.

Distúrbios Cutâneos: reações alérgicas.

Distúrbios do Sistema Nervoso: alteração do padrão do sono; irritabilidade; excitabilidade; confusão; exacerbação da frequência de tonturas e comportamento psicótico.

Outros: depleção de zinco.

Vitamina B6 (80 mg/dia) e vitamina B12 (20 mcg/dia) podem causar rosácea fulminante caracterizada por intenso eritema com nódulos, pápulas e pústulas.

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Características farmacológicas

Tenavit® contém em sua fórmula vitaminas do complexo B – B6, B9 e B12 -, cujo consumo está aumentado nos casos de alcoolismo, hiperhomocisteinemia, excesso de atividade e dietas inadequadas, visando suprir estas perdas.

Estas vitaminas são essenciais para o metabolismo dos aminoácidos metionina e homocisteína ? conhecido como ?Ciclo da Metionina? ? onde as vitaminas B9 e B12 atuam como cofatores. A vitamina B6 participa da formação de cisteína (aminoácido que participa da formação de proteínas e enzimas), a partir da homocisteína. Ambos os processos auxiliam na manutenção dos níveis tissulares e circulantes de homocisteína. Além disso, as vitaminas B9 e B12 também atuam na formação dos eritrócitos.

Resultados de eficácia

Uma meta-análise observou que a suplementação de ácido fólico isolada ou associada a outras vitaminas do complexo B, inclusive a vitamina B12, reduz os níveis de homocisteína em aproximadamente um terço (Homocysteine Lowering Trialists’ Collaboration, 1998). Outra meta-análise mostra que a redução dos níveis de homocisteína com ácido fólico e vitamina B12 podem ser observados em doses a partir de 0,2 e 0,4 mg/dia, respectivamente (Homocysteine Lowering Trialists’ Collaboration, 2005). Outros estudos também mostram que a suplementação com ácido fólico, isolado ou associado às vitaminas B12 e B6 reduz os níveis de homocisteína, independente de sua relação com doenças cardiovasculares (Jacques 1999; Stanger 2004; Schnyder 2002; Ray 2007).

Armazenagem

Tenavit® deve ser conservado em temperatura ambiente (entre 15ºC e 30ºC). Proteger da luz e umidade.

Este medicamento tem validade de 24 meses a partir da data de sua fabricação.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Os comprimidos revestidos de Tenavit® são redondos de coloração laranja.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Dizeres legais

Reg. M.S. nº: 1.0155.0237

Farmacêutico Responsável: Regina Helena Vieira de Souza Marques

CRF/SP nº 6394

Embalado por: Droxter Indústria, Comércio e Participações Ltda.

Rua Vigário Taques Bittencourt, 258 ? Santo Amaro ? São Paulo/SP ? CEP: 04755-060 Registrado por: Marjan Indústria e Comércio Ltda.

Rua Gibraltar, 165 ? Santo Amaro ? São Paulo/SP ? CEP: 04755-070

CNPJ nº 60.726.692/0001-81

Indústria Brasileira

Tenavit – Bula para o Paciente

1. PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

Este medicamento é destinado à suplementação vitamínica em doenças crônicas e em idosos.

2. COMO ESTE MEDIACAMENTO FUNCIONA?

Tenavit® é um suplemento vitamínico especialmente desenvolvido para repor as deficiências de vitaminas do complexo B no organismo.

3. QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Tenavit® é contraindicado para pacientes que apresentam hipersensibilidade (alergia) a qualquer um dos componentes da fórmula e pacientes com anemia perniciosa (baixa quantidade de células vermelhas por deficiência de vitamina B12).

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Este medicamento é contraindicado para crianças.

4. O QUE DEVO SABER ANTES DE UTILIZAR ESTE MEDICAMENTO?

Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso. Não ingerir doses maiores que as recomendadas.

Tenavit® não é recomendado para o tratamento de anemia perniciosa (baixa quantidade de células vermelhas por deficiência de vitamina B12), uma vez que o ácido fólico pode mascarar os sintomas dessa anemia.

Não há restrições específicas para o uso de Tenavit® em idosos e grupos especiais, desde que observadas as contraindicações e advertências comuns ao medicamento.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Interações Medicamentosas

Interações Tenavit® ? medicamentos

A suplementação com ácido fólico pode antagonizar os efeitos do tratamento com pirimetamina. A vitamina B6diminui o efeito de levodopa isolada.

A farmacocinética (absorção, distribuição, metabolização e excreção) dos componentes de Tenavit® pode estar alterada quando administrado concomitantemente com ácido aminosalicílico, antiácidos, antibióticos, aspirina, bloqueadores H2, carbamazepina, cicloserina, colchicina, colestipol, colestiramina, diuréticos, enzimas pancreáticas, estrogênios, fenitoína, fenobarbital, isoniazida, metformina, metotrexato, neomicina, penicilamina, salicilatos, primidona, cloranfenicol e suplementos de potássio, podendo prejudicar a eficácia do tratamento.

Interações Tenavit® – substâncias químicas

O consumo excessivo de álcool por pelo menos 2 semanas pode diminuir a absorção de vitamina B 12 no trato gastrintestinal.

Interações Tenavit® – exames laboratoriais

A ingestão de vitamina B6 pode provocar uma reação falso-positiva na detecção de urobilinogênio quando utilizado o Reativo de Ehrlich.

Interações Tenavit® ? doenças

Este medicamento deve ser utilizado com cautela por pacientes com anemia perniciosa (baixa quantidade de células vermelhas por deficiência de vitamina B12), anemia megaloblástica (anemia causada pela presença de glóbulos vermelhos com tamanho aumentado no sangue), convulsões e gota (depósito de cristais de ácido úrico nas articulações e órgãos).

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

5. ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?

Você deve conservar Tenavit® em temperatura ambiente (entre 15ºC e 30ºC). Proteger da luz e umidade.

Este medicamento tem validade de 24 meses a partir da data de sua fabricação.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Os comprimidos revestidos de Tenavit® são redondos de coloração laranja.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.

Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

6. COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Uso oral. Os comprimidos revestidos devem ser ingeridos inteiros e sem mastigar com quantidade suficiente de água para que sejam deglutidos.

Posologia: 1 comprimido ao dia, preferencialmente à refeição, ou a critério médico.

É aconselhável medir a concentração de homocisteína plasmática em 2 semanas de tratamento. O tratamento deverá se prolongar até que não se possa verificar uma redução dos valores da homocisteína plasmática com um aporte correto de vitaminas na dieta.

Limite máximo diário é de 1 comprimido ao dia.

Utilizar apenas a via oral. O uso deste medicamento por outra via, que não a oral, pode causar a perda do efeito esperado ou mesmo promover danos ao seu usuário.

Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião – dentista.

7. O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Você pode tomar a dose do medicamento assim que se lembrar. E não exceda a dose recomendada para cada dia.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

8. QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?

O uso de Tenavit® geralmente é bem tolerado, mas alguns pacientes podem apresentar os seguintes sintomas ao utilizá-lo:

Distúrbios Gastrintestinais: náusea (enjoo); vômito e dor abdominal. Distúrbios Endócrinos: perda de apetite.

Distúrbios Cutâneos: reações alérgicas.

Distúrbios do Sistema Nervoso Central: cefaleia (dor de cabeça); sonolência; neuropatia sensorial (doença que afeta os nervos que levam informações das sensações das várias partes do corpo para o cérebro).


Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através de seu serviço de atendimento.

9. O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?

A superdosagem do medicamento pode ocasionar os seguintes sintomas:

Distúrbios Gastrintestinais: cólicas abdominais; diarreia; náusea (enjoo); vômito; distensão abdominal; flatulência (presença de uma quantidade excessiva de gás no intestino) e gosto amargo na boca.

Distúrbios Cutâneos: reações alérgicas.

Distúrbios do Sistema Nervoso: alteração do padrão do sono; irritabilidade; excitabilidade; confusão; aumento da frequência de tonturas e comportamento psicótico (distúrbio mental que causa distorção ou desorganização da capacidade mental do indivíduo).

Outros: depleção de zinco (diminuição da quantidade de zinco no organismo).

Vitamina B6 (80 mg/dia) e vitamina B12 (20 mcg/dia) podem causar rosácea fulminante caracterizada por intenso eritema (vermelhidão cutânea) com nódulos, pápulas (elevações da pele) e pústulas (pequenas elevações na pele contendo pus).

Data da bula

20/12/2016

4Medic

4Medic

As informações publicadas no site são elaboradas por redatores terceirizados não profissionais da saúde. Este site se compromete a publicar informações de fontes segura. Todos os artigos são baseados em artigos científicos, devidamente embasados.