Gino-loprox


Gino-loprox – Bula do remédio

Gino-loprox com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Gino-loprox têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Gino-loprox devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

A 4Medic não vende nenhum tipo de medicamento

Laboratório

Sanofi

Apresentação de Gino-loprox

Creme 10 mg/g bisn. c/ 35 g + aplicadores

Gino-loprox – Indicações

Antimicótico tópico para uso ginecológico.

Contra-indicações de Gino-loprox

O contato de Gino-loprox (ciclopirox olamina) com a região ocular deve ser evitado. Não deve ser usado em casos de hipersensibilidade conhecida ao ciclopirox ou a qualquer componente da fórmula. Gino-loprox (ciclopirox olamina) contém uma parafina que pode causar rompimento ou
vazamento de preservativos de látex, portanto, o contato entre GINOLOPROX
(ciclopirox olamina) e preservativos de látex deve ser evitado para
que a proteção proporcionada pelos preservativos não seja perdida.

Advertências

Durante a menstruação, o tratamento com Gino-loprox (ciclopirox
olamina) não é afetado. Se houver previsão de início do próximo ciclo
menstrual antes do término do tratamento prescrito pelo médico,
recomenda-se, quando possível, postergar o início do tratamento para o dia
seguinte ao término do ciclo menstrual. Caso o tratamento não esteja no
início, complete-o até o seu término.
Pode ocorrer infecção recíproca do parceiro. Para prevenir a reinfecção,
recomenda-se que o parceiro da paciente também consulte um médico.

Uso na gravidez de Gino-loprox

a aplicação de Gino-loprox (ciclopirox olamina) só deverá ser considerada durante a gravidez ou lactação se absolutamente essencial.

Interações medicamentosas de Gino-loprox

Não há relato até o momento.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Gino-loprox

Em raros casos, reações locais transitórias, como sensação de queimação ou prurido podem ocorrer, assim como dermatite alérgica de contato.

Gino-loprox – Posologia

Gino-loprox (ciclopirox olamina) creme vaginal é administrado por meio de
aplicador intravaginal (cada aplicador cheio contém 5 g), uma vez ao dia, antes de
deitar, durante 6 dias consecutivos. Se necessário, prolongar o tratamento por
mais 6 dias consecutivos ou a critério médico.
Modo de usar:
Recomenda-se que 5 g de Gino-loprox (ciclopirox olamina) (1 aplicador
cheio) sejam introduzidos profundamente na vagina com o auxílio do aplicador
descartável. Isto é melhor conseguido com a paciente na posição supina, com a
pernas levemente elevadas em relação ao corpo.
Para encher o aplicador, adapte-o à boca da bisnaga com o êmbolo abaixado e
comprima a bisnaga até encher o aplicador.
Introduzir totalmente o aplicador cheio na vagina e empurrar o êmbolo.
É melhor aplicar o creme antes de se deitar. Um novo aplicador descartável deve
ser enchido e usado para cada aplicação.
Após o uso, descarte o aplicador usado.
Para evitar reinfecção, recomenda-se que o tratamento com Gino-loprox
(ciclopirox olamina) seja estendido para incluir as áreas da pele ao redor da vagina
(genitália externa até a região anal). Para este propósito não se utiliza o aplicador,
mas um pouco do creme deve ser retirado diretamente do tubo em um chumaço
de algodão para aplicação.

Superdosagem

Não há experiência de superdosagem com preparações contendo ciclopirox.
Contudo, não se espera que ocorram efeitos sistêmicos relevantes se GINOLOPROX (ciclopirox olamina) for aplicado a grandes áreas ou usado muito freqüentemente.

Gino-loprox – Informações

A ciclopirox olamina é um fungicida de amplo espectro para uso tópico, com alto poder de penetração. É altamente eficaz praticamente contra todos os agentes patogênicos causadores de micoses genitais.

4Medic

4Medic

4Medic é uma empresa especializada em gestão de clinicas e consultórios médico. Que fornece diariamente notícias sobre a área de saúde em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *