Consumo de pimenta malagueta pode trazer benefícios para a saúde

Parece haver uma lista interminável de recomendações sobre as escolhas alimentares e dietas, mas pouco consenso. É o suficiente para confundir até o leitor mais cuidadoso de notícias de saúde.

Por um longo tempo, as dietas com baixo teor de gordura reinaram. Mas, então, vieram a dieta paleo, a dieta ceto, a dieta LA, a dieta de South Beach, a dieta mediterrânea e muitas outras – incluindo dietas em torno das quais empresas inteiras se baseiam.

Os ovos eram terríveis, mas agora eles estão bem (com moderação, é claro). Existem produtos de limpeza, desintoxicação e alimentos para combater a inflamação.

Ainda assim, uma das entradas mais recentes no dilúvio de notícias sobre nutrição pode parecer uma das mais improváveis: a pimenta malagueta.

É hora de adicionar a pimenta na dieta?

De acordo com um novo relatório, a pimenta malagueta na dieta pode diminuir o risco de morrer de câncer ou doenças cardiovasculares e também pode promover a longevidade.

A análise incluiu dados de mais de meio milhão de pessoas em vários países. Quando comparados com pessoas que nunca ou raramente comeram pimenta malagueta, aqueles que a comeram regularmente tiveram taxas mais baixas de morte devido a doenças cardiovasculares (em 26%), câncer (em 23%) ou qualquer causa (em 25%).

Embora as descobertas deste relatório possam parecer boas demais para ser verdade, elas se baseiam na publicação de vários outros estudos que relacionam os benefícios para a saúde com o consumo de pimenta.

Por exemplo, este estudo descobriu que pessoas que consumiram pimenta malagueta quatro ou mais vezes por semana durante oito anos tiveram taxas significativamente mais baixas de morte, incluindo devido a doenças cardiovasculares, em comparação com pessoas que raramente ou nunca o faziam.

O motivo pelo qual a pimenta malagueta pode ser benéfica para a saúde não está claro. Uma teoria atribui isso à capsaicina. Esse é o ingrediente da pimenta malagueta que lhe dá calor. A capsaicina é um potente antioxidante com propriedades antiinflamatórias.

Antes de acrescentar a pimenta na alimentação

Essas descobertas são intrigantes, mas não definitivas. O relatório é uma análise de quatro grandes estudos observacionais. Portanto, embora descreva uma ligação entre o consumo de pimenta malagueta e os benefícios para a saúde, não pode provar que comer chili causou isso.

Na verdade, a pimenta malagueta pode ter pouco a ver com as descobertas: talvez as pessoas que comem pimenta a estejam usando para estimular uma dieta já saudável, e essa dieta pode ser responsável pelos benefícios à saúde.

Os vários estudos incluídos neste novo relatório usaram diferentes tipos e quantidades de pimenta malagueta. Essas descobertas ainda não foram publicadas em um jornal médico revisado por pares, até agora eles só foram apresentados na reunião anual da American Heart Association. Isso significa que os resultados devem ser considerados preliminares.

Além disso, pode haver desvantagens em comer pimenta. Por um lado, algumas pessoas não gostam de alimentos altamente picantes. Alguns estudos anteriores relacionaram o consumo de pimenta malagueta com câncer de vesícula biliar, esse achado também não é definitivo, pois também provém de estudos observacionais.

O resultado final

Se a pessoa já gosta de adicionar pimenta em sua comida, este último relatório é um motivo para continuar. Mas é muito cedo para dizer que todos deveriam começar a consumi-la regularmente para melhorar a saúde. Pesquisas adicionais serão necessárias para confirmar que o impacto geral na saúde é positivo.

E se for, é preciso determinar quanta pimenta é melhor. Qual o tipo de pimenta malagueta é importante? Quanto tempo leva para ver um benefício?

Apesar das novas notícias serem positivas para quem gosta do ingrediente, é importante manter essas descobertas em perspectiva: é improvável que um único tempero tenha um grande impacto em comparação com outras partes de um estilo de vida saudável, incluindo uma dieta equilibrada e saudável para o coração, fazer exercícios regularmente e evitar o excesso de peso.

Portanto, mesmo que seja comprovado que a pimenta malagueta fornece benefícios à saúde, um tempero pode fazer muito: comer pizza fast-food várias vezes por semana não se torna uma dieta saudável apenas com a adição de flocos extras de pimenta.

____________________________

O estudo original foi publicado no American Heart Association

* “People who eat chili pepper may live longer?” – 2020

Autores do estudo: Bo Xu, et al – Estudo

4Medic

4Medic

As informações publicadas no site são elaboradas por redatores terceirizados não profissionais da saúde. Este site se compromete a publicar informações de fontes segura. Todos os artigos são baseados em artigos científicos, devidamente embasados.