Não perca 9 dicas sobre como aumentar o faturamento da sua clínica

Mediante a competitividade cada vez mais acirrada, investir em novas estratégias entender como aumentar o faturamento da clínica é essencial para a continuidade do negócio.

Nesse contexto, a gestão médica precisa aplicar os procedimentos mais adequados a fim de gerir o setor financeiro com mais precisão e menos riscos.

Se você está em busca de medidas que possam potencializar seu investimento e maximizar a lucratividade, este é o caminho. Confira, então, 8 dicas infalíveis para aumentar o faturamento e conduzir a gestão financeira por caminhos mais promissores. Boa leitura!

1. Priorize a redução de custos

Um dos aspectos mais importantes para aumentar o faturamento de sua clínica ou consultório médico é manter uma política que priorize a redução de custos. Faça uma análise dos últimos investimentos para perceber se o percentual de retorno obtido atingiu sua expectativa.

A princípio, você até pode pensar que é impossível reduzir as despesas de rotina do seu consultório. No entanto, o uso de estratégias — e um bom planejamento — de redução de custos possibilita encontrar meios de otimizar esses gastos básicos, ainda que seja de forma gradual.

2. Elabore um plano financeiro

Planejar é fundamental para reconhecer os itens indispensáveis à sustentabilidade do negócio e, a partir disso, definir objetivos e metas tangíveis.

E um dos caminhos seguros para ganhar mais dinheiro é estabelecer um planejamento financeiro que direcione a gestão da clínica para decisões eficazes em relação aos investimentos.

Ao estruturar um plano de custos, você deve esforçar-se para que segui-lo seja um compromisso que envolva toda a equipe de trabalho. Para alcançar metas importantes exige-se a cooperação massiva dos funcionários, médicos e gestores. Atitudes simples podem ser surpreendentes e gerar grandes resultados.

Comece hoje mesmo a pensar onde aplicar essas estratégias para aumentar o faturamento de sua clínica. De preferência, comece a cortar gastos e inclua em seu orçamento somente o que trouxer retorno satisfatório. Priorize o simples e o essencial, e logo perceberá uma diferença positiva em seu faturamento.

3. Construa um bom relacionamento com os pacientes

Em todos os ramos de negócio, é muito mais simples fidelizar clientes do que captar novos. Além de flexibilizar a redução de custos com marketing, essa medida ainda pode tornar mais dinâmica a interação com os pacientes e mantê-los engajados com o estabelecimento.

Na verdade, diversos fatores influenciam a decisão de um indivíduo quanto a voltar — ou não — ao seu consultório. Muitos profissionais de saúde se enganam ao pensar que apenas a qualidade da consulta é suficiente para reter e conquistar pacientes.

Antes de analisar a qualidade técnica da consulta, o paciente já passou por outros setores que influenciam tanto quanto o trabalho do médico. O atendimento nos canais de agendamento, o ambiente e o tratamento recebido na recepção também são critérios elementares e que sinalizam como aumentar o faturamento.

4. Considere o feedback dos pacientes

Algumas ações simples podem fazer a diferença para maior proximidade entre seus clientes e sua clínica: contate seus pacientes periodicamente, principalmente em datas especiais ou comemorativas.

Valorize seus pacientes e deixe isso bem claro. Faça-os perceber que eles são parte importante do processo que envolve a gestão da clínica e, como tal, precisam ser lembrados disso.

Outra medida válida é aplicar uma pesquisa de satisfação para captar a opinião deles sobre os serviços que precisam de melhoria. Além de pontuar as falhas, esse feedback é interessante para direcionar a gestão às estratégias mais apropriadas de fidelização de pacientes.

Melhorar a eficiência dos canais de comunicação pode influenciar positivamente esse processo de coleta de informações e indicar soluções concretas rumo à qualidade dos serviços prestados. Logo, investir nessa estratégia pode auxiliar a percepção das principais falhas que podem impedir o crescimento da instituição.

5. Evite as glosas

As glosas são práticas cada vez mais comuns e, às vezes, os convênios se utilizam desses recursos para postergar pagamentos. Consequentemente, isso pode gerar furos no orçamento e causar prejuízos aos profissionais credenciados.

Todavia, esse problema pode ser evitado, já que boa parte dessas glosas resulta da má organização. Treine e oriente sua equipe de trabalho, de modo a garantir maior produtividade e eficiência nos processos relacionados ao faturamento.

6. Adote soluções otimizadas

Investir em soluções otimizadas torna o trabalho mais dinâmico e melhora o fluxo dos processos da sua clínica. Sua empresa pode se beneficiar dessa estratégia de várias formas.

Uma delas é priorizar o atendimento especial para quem tem esse direito: oriente seus colaboradores a fiscalizarem a retirada das senhas, de modo a cumprir a legislação.

Além disso, classificar as pessoas durante o atendimento impacta a organização dos processos, facilita o trabalho e influencia a qualidade dos serviços prestados.

Outra medida interessante para dinamizar o atendimento é a implantação de totens. Esse serviço permite que o paciente retire a senha conforme o agendamento. Se, eventualmente, o paciente perder seu horário, o próprio sistema buscará um novo encaixe.

Por outro lado, se o paciente quiser antecipar a consulta, uma rápida busca no sistema indicará as possibilidades e os horários disponíveis.

Assim, o investimento nesse recurso pode dinamizar o autoatendimento, reduzir as filas de espera e desafogar o trabalho dos colaboradores. São medidas que exercerão considerável influência no número de pacientes atendidos e resultarão no aumento do faturamento.

7. Invista em marketing ético

Um adequado planejamento de marketing possibilita divulgar, de modo eficaz, as competências e os serviços de sua clínica ou consultório. Fazer isso de forma calculada — mas dentro dos limites da ética — é um dos pontos mais importantes para colocar seu negócio em evidência no mercado.

Apresentar seus diferenciais e pontos fortes implica o reconhecimento de um trabalho de excelência. Esse aspecto é fundamental para garantir a credibilidade necessária para manter seus pacientes e fazer com que eles indiquem seus serviços.

Vale destacar, pois, que a publicidade médica não pode seguir as mesmas vertentes utilizadas nas práticas meramente comerciais. O ramo da saúde tem critérios diferenciados e deve primar pelos princípios éticos de orientação educativa.

Afinal, o marketing médico pode atingir indivíduos com diferentes perfis, emocionalmente instáveis e em busca de solução para algum problema específico. Nesse momento, eles enxergarão seu trabalho como um meio para auxiliá-los.

Logo, é necessário bom senso e cautela para não se valer desta vulnerabilidade para vantagens comerciais. O trabalho médico precisa manter o foco em um serviço de qualidade, ético e transparente. Certamente, esse fatores indicarão o caminho para o sucesso e a credibilidade que sua instituição procura.

8. Mantenha a organização

Um dos grandes problemas das clínicas e consultórios médicos é a desorganização de documentos e de guias de procedimentos. Evite o acúmulo de guias a serem processadas em um mesmo período. Não incorra no risco de deixar todo o trabalho de faturamento para fazer no final do mês.

Excesso de compromissos e pressão pelo cumprimento da agenda podem resultar em falta de atenção e gerar problemas, como sumiço de guias ou acúmulo de documentos com erros de preenchimento.

Logo, manter a organização é fundamental: separe as guias por convênio e priorize um relatório diário de cada uma delas. Crie estratégias para facilitar o processo de faturamento. Há diversas opções de softwares especificamente  voltados à gestão de clínicas e consultórios.

Veja, no próximo tópico, como essas ferramentas podem ser úteis e indicar alternativas viáveis sobre como aumentar o faturamento e maximizar os lucros.

9. Invista em um software para gestão médica

Uma das formas de evitar esses erros e tornar a gestão médica mais eficiente e tranquila é adotar tecnologias específicas para clínicas. São soluções simples e intuitivas que facilitarão a rotina do médico.

Esse sistema de gerenciamento de clínicas e consultórios médicos permite o acesso e a execução de tarefas na nuvem. Com ele, é possível gerir todo o trabalho relativo a atividades da área médica, a administração da agenda e do setor financeiro.

Logo, conhecer esses recursos pode representar viabilidade de soluções e tornar a gestão de sua clínica ou consultório bem mais simples e eficaz. Na prática, utilizar os benefícios dessas ferramentas sinaliza formas seguras de como aumentar o faturamento e fortalecer seu negócio.

Gostou das dicas sobre como aumentar o faturamento? Então, não perca tempo: veja também algumas importantes estratégias para otimizar os processos de sua clínica!

4Medic

4Medic

4Medic é uma empresa especializada em gestão de clinicas e consultórios médico. Que fornece diariamente notícias sobre a área de saúde em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *