Número de mortos na Itália por Coronavírus ultrapassa China!

O número de mortos na Itália por coronavírus superou a China nesta quinta-feira (19), e as infecções nos Estados Unidos ultrapassaram os 10 mil, em uma ilustração gritante de como a crise se moveu para o Ocidente.

Mortos na Itália por coronavírus

A Itália, com uma população de 60 milhões, registrou pelo menos 3.405 mortes, ou cerca de 150 a mais que na China – um país com uma população 20 vezes maior.

A Itália atingiu o marco sombrio no mesmo dia em que Wuhan, a cidade chinesa onde o coronavírus surgiu pela primeira vez há três meses, não registrou novas infecções, um sinal de que os bloqueios draconianos do país comunista foram eficazes em conter o flagelo.

Na quinta-feira, uma equipe visitante da Cruz Vermelha Chinesa criticou o fracasso dos italianos em colocar em quarentena e levar o bloqueio nacional a sério.

Enquanto isso, na ONU em Nova York, o secretário-geral Antonio Guterres disse que o mundo “está em guerra com um vírus” e alertou que “uma recessão global – talvez de dimensões recorde – é quase certa”.

“Se deixássemos que o vírus se espalhasse como fogo – especialmente nas regiões mais vulneráveis ​​do mundo -, mataria milhões de pessoas“, afirmou.

O vírus parecia estar abrindo uma nova frente alarmante na África e também atingiu pelo menos um chefe de estado europeu: o príncipe Albert II, 62 anos, do minúsculo principado de Mônaco. O palácio anunciou que ele deu positivo, mas continuava trabalhando em seu consultório e estava sendo tratado por médicos do Princess Grace Hospital, em homenagem a sua mãe atriz americana.

As autoridades de saúde citaram uma variedade de razões para o alto número de pedágios na Itália, entre elas a grande população de idosos, que são particularmente suscetíveis a complicações graves do vírus, embora casos graves também tenham sido observados em pacientes mais jovens. A Itália tem a segunda população mais antiga do mundo, e a grande maioria de seus mortos – 87% – tinha mais de 70 anos.

Em uma visita a Milão, Sun Shuopeng, chefe da delegação da Cruz Vermelha Chinesa que ajuda a aconselhar a Itália, disse estar chocado ao ver tantas pessoas andando por aí, usando transporte público e comendo fora e festejando em hotéis.

Número de mortos na Itália por Coronavírus ultrapassa China“No momento, precisamos parar toda a atividade econômica e a mobilidade das pessoas. Todas as pessoas devem ficar em casa em quarentena”, afirmou.

Alberto Villani, chefe da proteção civil italiana, defendeu o sistema de saúde da Itália ao anunciar o novo número de mortos e insistiu que o bloqueio do país é um modelo para outros países.

Enquanto os italianos ”rigorosamente” cumprirem medidas estritas para ficar em casa e manter o distanciamento social, a Itália superará o desafio “, afirmou.

4Medic

4Medic

As informações publicadas no site são elaboradas por redatores terceirizados não profissionais da saúde. Este site se compromete a publicar informações de fontes segura. Todos os artigos são baseados em artigos científicos, devidamente embasados.