Valfiran


Valfiran – Bula do remédio

Valfiran com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Valfiran têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Valfiran devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

A 4Medic não vende nenhum tipo de medicamento

Laboratório

Sanval

Apresentação de Valfiran

fr. c/ 100 ml a 25 %

Valfiran – Indicações

Profilaxia e erradicação da escabiose, pediculose e ftiríase.

Contra-indicações de Valfiran

O produto é contra-indicado em pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

Advertências

A solução é inflamável, e não deve ser manipulada perto de chamas. Gravidez e
lactação não há necessidade de cuidados especiais.

Uso na gravidez de Valfiran

não há necessidade de cuidados especiais.

Interações medicamentosas de Valfiran

Devido à íntima relação entre o Monossulfiram e o dissulfiram, é aconselhável a
abstenção de álcool 48 horas depois da aplicação de Monossulfiram. As soluções
de Monossulfiram podem causar manchas amarelas nos materiais que estiverem
em contato com a preparação.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Valfiran

Os efeitos colaterais dentro da posologia recomendada são incomuns e resumemse
a alguns relatos particulares a respeito de irritação e sensibilidade cutânea ao
Monossulfiram. Raramente podem ocorrer tonturas, fadiga, cefaléia e dermatite.

Valfiran – Posologia

ESCABIOSE:
Adultos: Antes da aplicação, diluir uma parte de Monossulfiram solução em duas
partes iguais de água.
Crianças: Antes da aplicação, diluir uma parte de Monossulfiram solução em três
partes iguais de água.
O corpo do paciente deve ser previamente lavado com água e sabonete comum e,
após enxaguá-lo e secá-lo totalmente, aplicar a solução nas áreas afetadas, deixando-
a secar. Aproximadamente dez minutos são necessários para que a solução
seque naturalmente e em seguida o paciente deve se vestir. Em alguns casos, esse
procedimento pode ser repetido sucessivamente por dois ou três dias.
PEDICULOSE E FTIRÍASE: Monossulfiram solução, previamente diluída, ou seja,
para uma parte de Monossulfiram solução, juntar 2 (adultos) ou 3 (crianças)
vezes a mesma quantidade de água. Depois de 8 horas, lavar a área infestada para
remover o líquido aplicado. Em seguida, passar o pente fino para remover os parasitas.
Após sete dias, repetir o tratamento, a critério médico. Deve-se tratar todos
os familiares, para se evitar a transmissão dos parasitas.

Superdosagem

No caso de ingestão acidental de Monossulfiram solução indica-se tratamento
sintomático. A pressão sangüínea deve ser controlada e pode haver necessidade
de oxigênio se houver excessiva dispnéia. Outro tratamento que se julgou útil
inclui estimulantes cardíacos, ferro intravenoso, ácido ascórbico e nicotinamida,
adenina e tiossulfato de sódio intravenoso.

4Medic

4Medic

As informações publicadas no site são elaboradas por redatores terceirizados não profissionais da saúde. Este site se compromete a publicar informações de fontes segura. Todos os artigos são baseados em artigos científicos, devidamente embasados.