Glicocef


Glicocef – Bula do remédio

Glicocef com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Glicocef têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Glicocef devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

A 4Medic não vende nenhum tipo de medicamento

Laboratório

Bergamo

Referência

Ceftriaxona

Apresentação de Glicocef

250mg , 500mg e 1g para uso IM.
500 mg e 1g para uso IV

Contra-indicações de Glicocef

Glicocef está contra-indicado a pacientes com história de hipersensibilidade às cefalosporinas. Em pacientes
hipersensíveis à penicilina deve-se levar em conta a possibilidade de reações alérgicas cruzadas. Glicocef IM
contém lidocaína no seu diluente, sendo contra-indicado em crianças menores de 30 meses e nos casos de
hipersensibilidade à lidocaína.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Glicocef

Gastrointestinais: Fezes moles/diarréia, náuseas, vômitos, estomatite, glossite e colite pseudomembranosa (rara).
Cutâneas: Exantema, dermatite alérgica, prurido, urticária, edema e eritema multiforme.
Hematológicas: Eosinofilia, hemorragia ou hematoma, leucopenia, trombocitopenia, granulocitopenia e anemia
hemolítica.
Hipersensibilidade: Possibilidade de anafilaxia.
Outros efeitos: Cefaléia, tontura, oligúria, tremores e elevações transitórias dos níveis de
transaminases e de creatinina, flebite após administração intravenosa.
Interferências em exames laboratoriais:
Têm ocorrido testes de antiglobina positivos diretos e indiretos (teste de Coombs).
Poderá ocorrer uma reação falso-positiva para a glicose na urina com as soluções de
Benedict ou Fehling, assim como Clinitest, mas não com o uso de método da glicose-oxidativa.

Glicocef – Posologia

Dosagens usuais:
Adultos e crianças acima de 12 anos: 1-2 g ao dia em dose única ou dividida em 2 administrações.
Tratamento da gonorréia não complicada: 250 mg, via intramuscular, em dose única.
Crianças e recém-nascidos: 50 mg/kg / 24 horas, em dose única ou dividida em duas administrações.
Dose máxima em crianças: 1 g

Administração:
Via intramuscular (Glicocef IM): administrar profundamente na região glútea. Recomenda-se não injetar
mais de 1 g de cada lado.
Preparo da solução Glicocef 250 mg e 500 mg: Injetar no frasco-ampola o conteúdo de uma ampola de
2 ml do diluente e agitar até completa dissolução.
Glicocef 1 g: Injetar no frasco-ampola o conteúdo de uma ampola de 3,5 ml do diluente e agitar
até completa dissolução.

Via intravenosa direta (Glicocef – IV):
Preparo da solução Glicocef 500 mg – IV: Injetar no frasco-ampola o conteúdo de uma ampola de 5 ml
do diluente e agitar até completa dissolução.
Glicocef 1 g – IV: Injetar no frasco-ampola o conteúdo de uma ampola de 10 ml do diluente e agitar
até completa dissolução.

A administração deve ser feita lentamente.
Infusão intravenosa lenta (Glicocef – IV):
Infusão intravenosa é recomendada para doses acima de 2 g em adultos ou 50 mg/kg/dia em crianças.
A infusão intravenosa deve ser lenta (cerca de 30 minutos) e recomenda-se soluções entre 10 e 40 mg/ml.

Soluções diluentes compatíveis:
Cloreto de sódio 0,9%, Glicose 2,5, 5 e 10% e dextrano 6% em glicose.
A solução para infusão não deve conter cálcio. Recomenda-se evitar doses acima de 4 gramas/dia.
As soluções de Glicocef são estáveis durante 6 horas à temperatura ambiente.

4Medic

4Medic

4Medic é uma empresa especializada em gestão de clinicas e consultórios médico. Que fornece diariamente notícias sobre a área de saúde em geral. As informações publicadas no site são elaboradas por redatores terceirizados. Este site se compromete a publicar informações de fontes segura. .Todos os artigos são baseados em artigos científicos, devidamente embasados.