Florini


Florini – Bula do remédio

Florini com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Florini têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Florini devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

A 4Medic não vende nenhum tipo de medicamento

Laboratório

Ativus

Apresentação de Florini

compr. Rev. – caixa c/ 20 compr. rev. Líquido (sol. oral) – fr. c/ 100 ml.

Florini – Indicações

Ansiedade, Distúrbios comportamentais do sono na criança, Distúrbios neurovegetativos, Enurese de origem não orgânica, Hipertensões leves, Insônia e Irritabilidade.

Contra-indicações de Florini

FLORINY (Passiflora incarnata L., Crataegus oxyacantha L. e Salix alba L.) está contra-indicado para pessoas que têm alergia a quaisquer constituintes da fórmula, por exemplo os salicilatos tal como o ácido acetil-salicílico.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Florini

FLORINY (Passiflora incarnata L., Crataegus oxyacantha L. e Salix alba L.) é bem tolerado e as reações adversas são raras, entre elas podemos citar dor de estômago, diarréia, dor ocular, zumbidos e reações urticariformes. Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis.

Florini – Posologia

Comprimido revestido: – Crianças maiores que 5 anos: 1 comprimido revestido, 1 ou 2 vezes ao dia. – Adultos: Insônia e irritabilidade leve: 1 a 2 comprimidos revestidos, 1 ou 2 vezes ao dia. Estados depressivos acentuados e insônia rebelde: 2 a 4 comprimidos revestidos, 1 ou 2 vezes ao dia Líquido – em solução oral Irritabilidade e insônia – Lactentes: ½ copo medida (2,5 ml) 1 ou 2 vezes ao dia. – Crianças de 2 a 5 anos: 1 copo-medida (5 ml) 1 ou 2 vezes ao dia. – Crianças maiores de 5 anos: 2 copos-medida (10 ml) 1 ou 2 vezes ao dia. – Adultos e adolescentes: 3 copos-medida (15 ml) a 4 copos-medida (20 ml) 1 ou 2 vezes ao dia.

Florini – Informações

Os comprimidos de FLORINY são revestidos por processo tecnológico moderno (film-coating) e programado para desintegrarem, dissolverem e serem absorvidos no duodeno com um bioaproveitamento máximo de seus princípios ativos. FLORINY ( Extrato seco de Passiflora incarnata L., Crataegus oxyacantha L. e Salix alba L.) é constituído por extratos de três plantas medicinais que são muito conhecidas. – Passiflora incarnata L.: Conhecida popularmente por maracujá silvestre, possui como substância ativa principal a Passiflorina ou Armano. Desta última substância se originam outros princípios ativos: Armina e o Armolo, elas atuam ao nível da medula espinhal, provavelmente por interação com os receptores das endorfinas naturais, diminuindo os estímulos externos que chegam ao SNC. É eficaz na insônia e na hiperexcitabilidade nervosa induzindo um sono próximo ao sono fisiológico. O despertar após o uso da Passiflora é rápido e completo. Não causa a depressão psíquica e a lentidão dos reflexos comuns aos hipnóticos e tranquilizante (maiores ou menores). – Crataegus oxyacantha L.: Conhecido também como Espinheiro alvar, age no Sistema Nervoso Simpático por ter uma ação simpatolítica que dependendo da dose administrada pode produzir um efeito comparável a uma simpatectomia. Tem ação vasodilatadora direta, pois, este efeito se manifesta mesmo quando o vago está bloqueado. A ação simpatolítica pode influenciar a motilidade intestinal produzindo um aumento do número de evacuações, favorecendo algumas vezes o aparecimento de fezes líquidas. Efeitos cardiovasculares: Tem ação cronotrópica e inotrópica negativa nas fibras musculares cardíacas, apresentando sinergismo potenciativo com os digitálicos. Tem, portanto, uma ação bradicardizante e coronário dilatadora, podendo melhorar o rendimento cardíaco. Seu mecanismo de ação se faz pela inibição da Na/K ATPase, tem ação sedativa sobre o SNC, o que auxilia o controle da hipertensão associada a componentes emocionais importantes. – Salix alba L. O Salgueiro alvar ou Salgueiro branco tem como princípios ativos a Salicina e a Saligenina que possuem identidade química incontestável com o Ácido Salicílico. Ações periféricas: Tem ação analgésica, antipirética e antiinflamatória provavelmente por bloqueio da produção de prostaglandinas. Ações no SNC: Permite um controle de hiperexcitabilidade nervosa. Ações antiespasmódicas: É útil no tratamento das cólicas, principalmente, daquelas que se originam por uma liberação de prostaglandina, no caso das dismenorréias.

4Medic

4Medic

4Medic é uma empresa especializada em gestão de clinicas e consultórios médico. Que fornece diariamente notícias sobre a área de saúde em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *