Flatex


Flatex – Bula do remédio

Flatex com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Flatex têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Flatex devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

A 4Medic não vende nenhum tipo de medicamento

Laboratório

Farmasa

Referência

Dimeticona

Apresentação de Flatex

Emulsão Gotas – Embalagem contendo frasco plástico gotejador de 10mL

Comprimido 80mg – embalagem com 20 comprimidos.

Comprimido 150mg – embalagem com 12 comprimidos.

Flatex – Indicações

Flatex é um medicamento para uso oral indicado para o excesso de gases no aparelho gastrintestinal ocasionando sintomas tais como: meteorismo, eructação, borborigmo, aerofagia. Pós-operatório e convalescença, distúrbios fermentativos intestinais, preparo intestinal para radiografia ou endoscopia do abdômen.

Contra-indicações de Flatex

Este medicamento é contraindicado para pacientes hipersensíveis aos componentes da fórmula. Não são conhecidas contraindicações específicas.

Gravidez – Categoria de risco C: Não foram realizados estudos em animais e nem em mu lheres grávidas; ou então, os estudos em animais revelaram risco, mas não existem estudos disponíveis realizados em mulheres grávidas.

Advertências

Não tome doses maiores dos que as doses recomendadas.

A duração do tratamento deve ser feita até o alívio sintomático dos gases. Longos períodos de uso consecutivo deste medicamento somente através de orientação médica.

Gravidez – Categoria de risco C: Não foram realizados estudos em animais e nem em mu lheres grávidas; ou então, os estudos em animais revelaram risco, mas não existem estudos disponíveis realizados em mulheres grávidas.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Interações medicamentosas de Flatex

Não há relatos de ocorrência de interações clinicamente relevantes.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Flatex

Não são conhecidas as reações indesejáveis deste medicamento, uma vez que não é absorvido pelo organismo.

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária NOTIVISA, disponível em www.anvisa.gov.brlhotsite/notivisa, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Flatex – Posologia

USO ORAL USO ADULTO

Flatex Emulsão Gotas:

As gotas podem ser administradas diretamente na boca, ou diluídas em um pouco de água ou outro alimento.

Gotas para adulto: de acordo com a necessidade, a dose pode variar de 40mg (8 gotas) a 150mg (30 gotas), 3 vezes ao dia às refeições.

Não exceder a dose de 500mg/dia (100 gotas/dia).

Flatex Comprimidos 80mg

Adultos: comprimido, 3 vezes ao dia juntamente com as refeições. Devem ser engolidos com auxílio de um copo de água ou podem ser mastigados.

Não exceder a dosagem de 500mg/dia ou 6comprimidos.

Flatex Comprimidos 150mg

Adultos: 1 comprimido, 3 vezes ao dia juntamente com as refeições. Devem ser engolidos com auxílio de um copo de água ou podem ser mastigados.

Não exceder a dosagem de 500 mg/dia ou 3 comprimido s.

Flatex Comprimidos: Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.

A duração do tratamento deve ser feita até o alívio sintomático dos gases. O uso do medicamento após o alívio sintomático somente deve ser feito somente obs orientação médica.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.

Superdosagem

Não existem relatos de superdose acidental com simeticona. Como muito raramente pode ocorrer obstipação intestinal quando se usa doses muito elevadas de simeticona é possível a ocorrência deste sintoma. O tratamento deve ser sintomático.

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Características farmacológicas

A simeticona é uma mistura de silicones “ativados” pela adição da sílica. Age no estômago e intestino pela alteração da tensão superficial dos gases, provocando a união das bolhas. A junção do simeticona com as bolhas de gás acelera a passagem do mesmo através do intestino ocorrendo a eliminação de flatos. A simeticona não é absorvida.

Após administração oral é eliminada na forma inalterada pelas fezes.

Resultados de eficácia

A simeticona foi eficaz no alívio dos sintomas relacionados com excesso de gases gastrintestinais em 87,5% dos casos. Em 65% dos casos os resultados, foram excelentes e bons. Apenas 1/3 dos pacientes do grupo placebo obtiveram algum beneficio real.

A adição de simeticona no regime pós-operatório de cirurgias ginecológicas/obstétricas revelou ser uma conduta segura e eficaz para reduzir o desconforto gastrintestinal após grandes cirurgias e para diminuir a incidência de íleo2.

A simeticona foi significativamente mais eficaz que o placebo na diminuição das bolhas durante procedimento endoscópico gastrintestinal superior.

A ação da simeticona no alívio do excesso de gases intestinais foi investigada em dois estudos duplo- cegos. No primeiro, 9 homens e 1 mulher foram estudados para observação do tempo de trânsito de oxigênio (OTT) e 5 homens para o tempo de trânsito de nitrogênio (NTT).

A simeticona não teve efeito no volume total de gás recuperado, no número de eliminação de flatos, ou no volume médio por eliminação. A simeticona, porém, acelerou o tempo de trânsito através do intestino para os dois parâmetros estudados. No segundo estudo, 50 mulheres que sofreram cirurgia ginecológica, receberam 40 mg de simeticona ou placebo, quatro vezes por dia durante 4 dias. A eliminação espontânea de gás ocorreu mais cedo (principalmente no segundo dia após a cirurgia) nos pacientes recebendo simeticona e foi associada com menos dor provocada pelos gases e menor distensão abdominal, menor necessidade de sondas retais, maior frequência de movimentos intestinais espontâneos e menor necessidade de enemas. Os resultados sugerem que a simeticona acelera a eliminação de gases através do intestino. 4

Distensão abdominal e cólica intestinal ocasionadas por gases frequentemente ocorrem após cirurgia pélvica e, quando persistentes podem progredir paraíleo paralítico ou resultar em obstrução intestina l. Após cesárea ou laparatomia pélvica aproximadamentedois terços dos pacientes irão sofrer dor moderada provocada pelos gases enquanto um adicional de 15% irá sofrer intensa cólica intestinal com náuseas, vômitos e distensão abdominal. Distensão significativa pode ser prevista em aproximadamente 40% dos pacientes após laparatomia pélvica, enquanto íleo pode ser esperado em 1 a 1,7% dos pacientes. Após cesárea, íleo e obstrução são relatados em 2 a 2,6% dos pacientes. Este estudo foi realizado para determinar a eficácia e segurança da simeticona, um umectante fisiologicamente e farmacologicamente inerte ou agente “anti-espuma”, na prevenção da dor pós-cirúrgica devido aos gases e distensão abdominal e na diminuição da necessidade de narcóticos e tratamento por via retal. A adição de simeticona no pós – operatório de pacientes obstétricas e ginecológicas demonstrou ser um método simples, seguro e eficaz na redução do desconforto gastrintestinal após a cirurgia e na diminuição da incidência do íleo5.

Oitenta e quatro (72%) de 117 pacientes com excesso de gás intestinal e distensão abdominal que não obtiveram alívio sintomático com tratamento que incluiu dieta branda e tranquilizante ou sedativa, obtiveram resultados bons ou excelentes quando receberam 40 mg de metilpolisiloxane após as refeições e ao deitar. A ação terapêutica desses agentes resultou de propriedades fisioquímicas que alteraram a tensão superficial das bolhas de gás no trato gastrintestinal: O gás livre assim formado é eliminado mais facilmente. Este composto é fisiologicamente inerte e não foram observados efeitos adversos.

A eficácia da simeticona no tratamento de cólicas infantis foi avaliada em 51 crianças saudáveis entre2 e 12 semanas de idade. Foram relatadas a resposta da criança após 1 dia e uma semana de tratamento assim como a qualidade global de vida da criança e da família. Sintomas de cólica melhoraram ou desapareceram em 38 crianças (78%) após um dia de tratamento e em 44 (86%) após 7 dias. A qualidade de vida da família melhorou notadamente. Simeticona na dose de 0,3 ml com cada alimentação pode melhorar ou curar completamente a cólica infantil n a grande maioria dos pacientes e melhorar a qualidade de vida da criança e da família.

Armazenagem

Conservar em temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC). Proteger da luz e umidade.

O medicamento tem validade de 24 meses.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vi de embalagem. Não use medicamento com o prazo de validade vencido.


Para sua segurança, mantenha o medicamento na embalagem original.

O comprimido de Flatex 80mg é circular, plano, de cor branca amarelado, com “F” em uma das faces e liso da outra.

O comprimido de Flatex 150mg é circular, plano, de cor branca amarelado, com “F” em uma das faces e liso da outra.

As gotas de Flatex são um líquido viscoso e homogêneo, de coloração rosa e odor morango e tutti-frutti.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Dizeres legais

Registro M.S. nº 1.7817.0107.

Farm. Responsável: Fernando Costa Oliveira – CRF-GOnº 5.220

Nº do Lote, Data de Fabricação e Prazo de Validade: VIDE CARTUCHO

Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas procure orientação médica.

Registrado por: Cosmed Indústria de Cosméticos e Medicamentos S.A.

Avenida Ceci, nº 282, Módulo I – Tamboré – Barueri- SP – CEP 06460-120

C.N.P.J.: 61.082.426/0002-07

Fabricado por: Brainfarma Indústria Química e Farmacêutica S.A.

VPR 1 – Quadra 2-A – Módulo 4 – DAIA – Anápolis – GO – CEP 75132-020

Flatex – Bula para o Paciente

1. PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

Este medicamento é indicado para os casos de formação de gases no estômago e nos intestinos que ocasionam eructação (arrotos), flatulência (gases intestinais), empachamento (sensação de estômago cheio antes das refeições), estufamento, aerofagia (engolir o ar) pós-operatória, gases, meteorismo (aumento do abdômen devido ao acúmulo de gases).

2. COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

Flatex é um medicamento de uso oral, o qual age diminuindo a formação de gases tanto no estômago quanto nos intestinos combatendo o mal-estar devido ao acúmulo de gases no tubo digestivo.

Seu início de ação é observado em alguns minutos após sua administração.

3. QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Este medicamento é contraindicado para pacientes hipersensíveis aos componentes da fórmula.

Não existem condições que impeçam o uso deste medicamento. Entretanto, se você é portador de qualquer doença séria, está grávida ou amamentando, há necessidade de acompanhamento médico.

Uso na gravidez e amamentação ? Informe seu médico a ocorrência de gravidez durante o tratamento ou após o seu término.

4. O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

A simeticona é uma mistura de silicones que agem no estômago e intestino pela alteração da tensão superficial dos gases, provocando a união das bolhas. A junção da simeticona com as bolhas de gás acelera a passagem do mesmo através do intestino ocorrendo a eliminação dos gases. A simeticona não é absorvida. Após administração oral é eliminada na forma inalterada pelas fezes.

Não tome doses maiores do que a indicada nesta bula. Não tome este medicamento se anteriormente apresentou reação alérgica aos seus constituintes.

Uso na gravidez e amamentação ? Informe seu médico a ocorrência de gravidez durante o tratamento ou após o seu término.

Interações Medicamentosas: Não há relatos de ocorrência de interações clinicamente relevantes.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

5. ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?

Conservar em temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC). Proteger da luz e umidade.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vi de embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

O comprimido de Flatex é circular, plano, de cor branca amarelado, com “F” em uma das faces e liso da outra.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

6. COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

USO ORAL USO ADULTO

Adultos: 1 comprimido, 3 vezes ao dia juntamente com as refeições. Devem ser engolidos com auxílio de um copo de água ou podem ser mastigados.

Não exceder a dosagem de 500 mg/dia ou 6 comprimido s.

A duração do tratamento deve ser feita até o alívio sintomático dos gases. O uso do medicamento após o alívio sintomático somente deve ser feito somente obs orientação médica.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião – dentista.

Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.


7. O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

No caso de esquecimento de administração, reintroduzir a medicação respeitando os horários e não ultrapassando a dose diária recomendada até o alívio dos sintomas.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

8. QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?

Não são conhecidas as reações indesejáveis deste medicamento uma vez que não é absorvido pelo organismo.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento.

Informe a empresa sobre o aparecimento de reações indesejáveis e problemas com este medicamento, entrando em contato através do Sistema de Atendimento ao Consumidor (SAC).

9. O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?

Não existem relatos de superdose acidental com simeticona. Como muito raramente pode ocorrer constipação intestinal quando se usa doses muito elevadas de simeticona, é possível a ocorrência deste sintoma. O tratamento deve ser sintomático.

Data da bula

24/02/2017

4Medic

4Medic

4Medic é uma empresa especializada em gestão de clinicas e consultórios médico. Que fornece diariamente notícias sobre a área de saúde em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *