Feminvit


Feminvit – Bula do remédio

Feminvit com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Feminvit têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Feminvit devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

A 4Medic não vende nenhum tipo de medicamento

Laboratório

Ativus

Apresentação de Feminvit

Comprimidos Revestidos: caixa contendo 8 e 30 comprimidos revestidos.

Feminvit – Indicações

Este medicamento é destinado ao tratamento da deficiência de vitaminas e minerais, ocasionada por dietas restritivas e inadequadas, e como antioxidante. Pode ser utilizado como suplementação vitamínica para a mulher adulta em período fértil com vida marcada por grande atividade física e mental. Pode ser utilizado como coadjuvante no tratamento da tensão pré-menstrual.

Contra-indicações de Feminvit

Este medicamento está contraindicado à pacientes com história de manifestação alérgica a algum dos componentes da fórmula. Categoria de risco de fármaco na gravidez: C

Este medicamento é contraindicado para menores de 12 anos.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião dentista.

Advertências

Pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula devem fazer uso deste medicamento com cautela. Pacientes com perda de sangue podem ter seu quadro mascarado com o uso da fórmula devido à presença de ferro, ácido fólico e vitamina B12. O uso de substâncias antioxidantes em fumantes permanece controverso. Pacientes com calculose devem ter o uso deste medicamento avaliado pelo médico, devido à presença de cálcio e ácido ascórbico na formulação. Em uso de vitamina E deve-se monitorizar a função de coagulação de pacientes deficientes em vi tamina K. O mesmo aplica-se às pessoas com uso de terapia anticoagulante. Foi verificada piora clínica potencial em pacientes com doença de Alzheimer e suplementação de zinco.

Dores epigástricas como o uso deste medicamento são facilmente controladas com o uso da medicação de m eia a uma hora antes das refeições.

Atenção: este medicamento contém corante que pode, eventualmente, causar reações alérgicas.

Interações medicamentosas de Feminvit

Pacientes que fazem o uso de levodopa para tratamento da doença de Parkinson devem usar com cautela o cloridrato de piridoxina (vitamina B6), pois este pode interagir com a levodopa, diminuindo seu efeito terapêutico.

A piridoxina também interage com outras drogas como isoniazida, fenotoína, teofilina e fenobarbital. Há alegações de que mulheres que tomam anticoncepcionais orais pode ter um aumento da necessidade de piridoxina.

A suplementação de ácido fólico pode interferir com drogas antifolatos, antiepilépticas e anti-inflamatórias.

O uso deste medicamento com ácido acetilsalicílicopode levar à distúrbios de coagulação pela interação com a vitamina E.

Em uso de vitamina E deve-se monitorizar a função d e coagulação de pacientes deficientes em vitamina K. O mesmo aplica-se à pessoas com uso de terapia anticoagulante. Foi verificada piora clínica potencial em pacientes com doença de Alzheimer e suplementação de zinco.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Feminvit

Este medicamento é bem tolerado, porém, em alguns casos, pode provocar mal estar epigástrico, desconforto abdominal, náuseas, vômitos, diarreia e sensação de formigamento pelo corpo.

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária NOTIVISA, disponível em www.anvisa.gov.be/hotsite/notivisa/index.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Feminvit – Posologia

Tomar 2 comprimidos ao dia, meia a uma hora antes do almoço e jantar.

Este medicamento não deve ser partido ou mastigado.

Superdosagem

A ingestão de doses elevadas deste medicamento pode provocar efeitos irritantes no tubo digestivo pela presença dos oligoelementos. Neste caso, é conveniente promover o esvaziamento gástrico.

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Características farmacológicas

Feminvit tem como objetivo reestabelecer um equilíbrio vitamínico-mineral considerando o estresse diário da vida moderna. Em estudo prévio encontrou-se diminuição do consumo de vitaminas do complexo B, zinco e ferro em pacientes com tensão pré-menstrual. Em outros estudos o uso de vitamina B6 e magnésio tem efeito benéfico no alívio dos sintomas causados pela tensão pré- menstrual. Levando-se em consideração que hoje em d ia a mulher trabalha diariamente e têm variações hormonais próprias do sexo, o medicamento proporciona uma complementação vitamínica-mineral útil para a mulher. A vitamina E atua como uma antioxidante neutralizando os radicais livres nas membranas celulares. Ainda, devido a sua ação antioxidante, parece diminuir as placas de arterosclerose em processos anginóides, pois diminui a concentração de LDL. A vitamina C é particularmente eficaz no controle dos processos oxidativos. Trabalhos correlacionam a sua deficiência a um aumento no risco de câncer, principalmente cervical e das células epiteliais. O betacaroteno é um precursor ad vitamina A e tem vantagem sobre esta pelo baixo risco de intoxicação. Tem ação antioxidante, principalmente, em conjunto com a vitamina E e vitamina C. Por questões hormonais, a mulher é mais propensa à osteoporose. O uso de cálcio associado à vitamina D colabora na prevenção desta doença. O uso de ácido fólico, vitamina B6 e vitamina B12 é justificado pela atuação no metabolismo da homocisteína. A hiperhomocisteína foi relacionada à distúrbios cardiovasculares e abortos de repetição. O ferro é usado em dose diária para prevenir o aparecimento de anemia ferropriva, lembrando que há perda de ferro na mulher em idade fértil. O zinco exerce seus efeitos antioxidantes por dois mecanismos principais: competição com o ferro e com o cobre no mecanismo transmembrana e carrega grupos sulfidrilas em proteínas, protegendo assim da oxidação. O selênio tem atividade antioxidante por fazer parte da glutation-selênio-peroxidase, sendo um componente importante na antioxidação do organismo. Sua deficiência pode prejudicar uma de suas principais funções que é a de manutenção dos níveis normais de peróxidos nos teci dos. Devido à importância de uma adequada antioxidação para se diminuir o risco de doenças cardiovasculares, justifica-se o s eu uso. Devido ao uso de zinco na formulação é prudente a adição de cobre na fórmula para evitar sua deficiência. Apesar de muitas vitaminas e sais minerais estarem acima da IDR (Ingestão Diária Recomendada), devemos salientar que estas estão dentro do nível máximo de segurança para adultos.

Resultados de eficácia

Estudo realizado com 120 participantes, sendo 66 homens e 54 mulheres, avaliou os efeitos da suplementação diária com multivitaminas e minerais e concluiu-se que os níveis plasmáticos de muitos dos nutrientes incluídos nestes suplementos aumentaram significativamente em relação ao grupo t ratado com placebo. O estudo demonstrou também que o efeito da suplementação com estes nutrientes é maior em pacientes com deficiência nutritiva (MARAINI, GIOVANNI.et. AL, 2009).

Armazenagem

Conservar em temperatura ambiente (entre 15º e 30ºC) protegido da luz e umidade. O prazo de validade deste medicamento é de 24 meses a partir da data de fabricação.


Número de lote e datas de fabricação e validade: vi de embalagem.

Não use medicamento com prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

O medicamento é um comprimido revestido de cor salmão, com odor característico.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Dizeres legais

M.S. 1.1861.0095

Farm. Resp.: Dra. Lucineia Nascimento N. de S. Machado – CRF-SP nº 31.274

Registrado por: Ativus Farmacêutica Ltda

Rua Emílio Mallet, 317 ? Sala 1005 ? Tatuapé

CEP: 03320-000 ? São Paulo-SP ? CNPJ: 64.088.172/00 01-41

Fabricado por: Ativus Farmacêutica Ltda

Rua Fonte Mécia, 2.050 ? Caixa Postal 489 ? CEP: 13273-900 ? Valinhos-SP

CNPJ: 64.088.172/0003-03 ? Indústria Brasileira

Comercializado por: Arese Pharma Distr. de Med. Ltda-ME.

Rua José Leal Fontoura, 332 ? Sala 1 ? Centro ? CEP: 83414-190 ? Colombo-PR

CNPJ: 14.812.380/0001-73 ? SAC 0800 770 79 70

Feminvit – Bula para o Paciente

1. PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?

Este medicamento é destinado ao tratamento da deficiência de vitaminas e minerais, ocasionada por dietas restritivas e inadequadas, e como antioxidante.

2. COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?

Este medicamento foi formulado para suprir as necessidades de vitaminas e minerais da mulher, levando em consideração uma vida ativa e as características peculiares da mulher.

3. QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

O medicamento é contraindicado em pacientes com alergia a qualquer componente da fórmula. Não deve ser utilizado na gravidez e amamentação, sem supervisão médica.

Este medicamento é contraindicado para menores de 12 anos.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

4. O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

A ingestão deste medicamento seguida por períodos superiores a 1 hora com o estômago vazio pode provocar dores de estômago e sensação de desconforto abdominal.

Pacientes com perda de sangue podem ter seu quadro mascarado com o uso da fórmula devido à presença de ferro, ácido fólico e vitamina B12.

A ingestão concomitante de cloridrato de piridoxina (vitamina B6) e levodopa pode reduzir a eficácia desta no tratamento da doença de Parkinson.

Pacientes com cálculo renal (pedra no rim) e pacientes que utilizam anticoagulantes, devem ter o uso deste medicamento avaliado pelo médico.

O uso deste medicamento com ácido acetilsalicílicopode levar a distúrbios de coagulação pela interação com vitamina E.

Atenção: este medicamento contém corante que pode, eventualmente, causar reações alérgicas. Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

5. ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?

O medicamento deve ser conservado em temperatura ambiente (entre 15º e 30ºC) e protegido da luz e umidade.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vi de embalagem.

Não use medicamento com prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

O medicamento é um comprimido revestido de cor salmão, com odor característico.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

6. COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?

Tomar 2 comprimidos ao dia, meia a uma hora antes do almoço e jantar.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.

Este medicamento não deve ser partido ou mastigado.

7. O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?

Caso haja esquecimento da ingestão de uma dose deste medicamento, retome a posologia prescrita sem a necessidade de suplementação.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

8. QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?

Este medicamento é bem tolerado, porém, em alguns casos, pode provocar dor de estômago, desconforto abdominal, náuseas, vômitos, diarreia e sensação de formigamento pelo corpo.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

9. O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?

A ingestão de doses elevadas deste medicamento pode provocar efeitos irritantes no tubo digestivo pela presença dos oligoelementos (minerais). Suspender o uso e procurar orientação médica.


Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Data da bula

09/06/2017

4Medic

4Medic

4Medic é uma empresa especializada em gestão de clinicas e consultórios médico. Que fornece diariamente notícias sobre a área de saúde em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *