Diltizem ap


Diltizem ap – Bula do remédio

Diltizem ap com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Diltizem ap têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Diltizem ap devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

A 4Medic não vende nenhum tipo de medicamento

Laboratório

Pharmacia

Referência

Diltiazem 90mg

Apresentação de Diltizem ap

compr. AP de 90 mg – caixas c/ 20 unidades
compr. AP de 120 mg – caixas c/ 20 unidades
compr. AP de 240 mg – caixas c/ 10 unidades

Contra-indicações de Diltizem ap

Além de possíveis quadros de hipersensibilidade medicamentosa, o diltiazem está contra-indicado aos pacientes com síndromes do nódulo sinusal e àqueles com bloqueio a-v de 2o e 3o graus, exceto se houver um marcapasso ventricular funcionante, em ambos os casos. Também é contra-indicado nos hipotensos, com sistólica inferior a 90 mmhg e em pacientes com infarto agudo do miocárdio e congestão pulmonar. Bradicardia acentuada, gravidez, lactação e infância.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Diltizem ap

As principais reações adversas associadas ao bloqueio do influxo de cálcio são: edema, cefaléia, náuseas, tonturas, erupções, astenia.
Outros efeitos colaterais mais raros são:
Cardiovasculares: bloqueio av de 1o, 2o e 3o graus, arritmias, bradicardia, insuficiência cardíaca congestiva, hipotensão, rubor, palpitações, síncope.
Sistema nervoso: perda de memória, distúrbios da marcha. Alucinações, insônia, nervosismo, parestesias, alteração de personalidade, sonolência, zumbidos, tremores.
Gastrintestinais: perda do apetite, constipação, diarréia, alteração do paladar, dispepsia, discretas elevações enzimáticas (dhl, tgo, tgp, fosfatase alcalina), vômitos, ganho ponderal.
derm.s: petéquias, prurido, fotossensibilidade, urticária.
Outros: visão escurecida, olhos irritados, dispnéia, epistaxe, hiperglicemia, congestão nasal, noctúria, dor osteoarticular, poliúria, distúrbios sexuais.

Diltizem ap – Posologia

As dosagens devem ser ajustadas de acordo com as necessidades de cada paciente,
começando com 180 a 240 mg ao dia, quando administradas em dose única diária,
embora alguns pacientes possam responder a baixas doses.
O efeito máximo anti-hipertensivo é geralmente observado após 14 dias de terapia
contínua; assim, ajustes na dose poderão ser feitos se necessário.
Diltizem ap tem um efeito aditivo quando empregado com outros agentes antihipertensivos.
Assim, a dosagem do Diltizem ap, ou do anti-hipertensivo utilizado
concomitantemente, poderá necessitar de ajustes.
A medicação dos comprimidos de Diltizem ap é liberada lentamente através de um
compartimento exterior que, em alguns casos, não dissolve devido às condições do trato
gastrintestinal de cada paciente. Este compartimento de Diltizem ap, quando
eliminado vazio com as fezes, não deve ser motivo de preocupação do paciente, pois o
princípio ativo foi absorvido, não implicando em alteração do efeito do medicamento. O
paciente não deverá se preocupar se, ocasionalmente, observar este compartimento
exterior liberado nas fezes.

4Medic

4Medic

4Medic é uma empresa especializada em gestão de clinicas e consultórios médico. Que fornece diariamente notícias sobre a área de saúde em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *