Anti Septico


Anti Septico – Bula do remédio

Anti Septico com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Anti Septico têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Anti Septico devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

A 4Medic não vende nenhum tipo de medicamento

Laboratório

Keyhertz

Apresentação de Anti Septico

Frasco spray com 50 ml e frasco com aplicador com 30 ml.

Anti Septico – Indicações

Como anti-séptico no tratamento de ferimentos
ocasionados por: cortes, quedas, arranhões ou
qualquer outro tipo de traumatismo.

Contra-indicações de Anti Septico

É contra-indicado para pacientes com hipersensibilidade
a qualquer componente da fórmula, na
gravidez e lactação.

Advertências

A absorção da lidocaína através das mucosas e
superfícies lesadas é relativamente alta. Portanto,
deve ser utilizado com muito cuidado e sob
supervisão médica em pacientes com pele extensamente
traumatizada, queimaduras graves e/ou
ferimentos profundos.
Se as condições do ferimento não melhorarem
após 7 dias, procure orientação médica.
Uso externo. Evitar contato com os olhos.

Uso na gravidez de Anti Septico

veja contra-indicações

Interações medicamentosas de Anti Septico

Lidocaína interage com Ajmalina, Barbitúricos,
Ciclopropano, Clorofórmio, Difenil-hidantoína,
Fenobarbital, Halotano, Tocainida, Tricloroetileno.
Recomenda-se a administração sob orientação
médica.
Lidocaína interage com Bloqueadores beta-adrenérgicos,
Bupivacaína, Metoprolol, Cimetidina,
Diazepam, Procainamida, Propanolol e Trimetoprima.
Recomenda-se evitar a administração
conjunta.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Anti Septico

Foram relatadas reações de hipersensibilidade,
manifestadas pela ocorrência de reações alérgicas
cutâneas.

Anti Septico – Posologia

Frasco spray: Segure o frasco com a válvula para
cima. Pressione-a de 2 a 3 vezes, a uma distância
de 5 a 10 cm do local ferido. Aplicar o produto
de 3 a 4 vezes ao dia.
Frasco com aplicador: Aplicar o produto com o
auxílio do aplicador de 3 a 4 vezes ao dia.
Se as condições do ferimento não melhorarem
após sete dias, procure orientação médica.

Superdosagem

Em caso de superdosagem suspender o uso do
medicamento, procurar orientação médica e se
necessário preparar medidas de suporte e sintomáticas.

Anti Septico – Informações

A lidocaína, como os demais anestésicos locais, bloqueia o início e a condução dos impulsos nervosos
através da diminuição da permeabilidade da membrana neuronal aos íons sódio. Isto estabiliza
reversivelmente o potencial de ação e o subseqüente bloqueio da condução nervosa. A base
lipossolúvel do anestésico precisa penetrar na superfície lipoproteica do nervo antes de agir. A
lidocaína é rapidamente absorvida pelas mucosas e pela pele não íntegra, sendo desprezível
sua absorção pela pele íntegra. Difunde-se rapidamente pelos tecidos circunvizinhos e apresenta
uma taxa de ligação às proteínas em torno de 70%. A anestesia persiste por aproximadamente
30 a 60 minutos quando veiculada através de solução aerossol tópica.
O cloreto de benzetônio é um sal de amônio quaternário derivado complexo do dimetilbenzilamônio.
Como os demais compostos do seu grupo
químico, apresenta atividade contra bactérias
gram-positivas e alguns fungos, entretanto manifesta
fraca atividade contra germes gram-negativos.
Sua ação antimicrobiana é atribuída à alteração
da permeabilidade da membrana microbiana,
em resultado da desnaturação e coagulação
das proteínas.

4Medic

4Medic

4Medic é uma empresa especializada em gestão de clinicas e consultórios médico. Que fornece diariamente notícias sobre a área de saúde em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *